app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Cidades

Igreja defende redu��o das desigualdades

Reduzir as desigualdades sociais, cuidar do povo brasileiro, para que possa ter condições dignas de vida, deve ser a prioridade número um dos futuros governantes do País, na opinião do padre Manoel Henrique, pároco da Igreja de São Pedro, em Ponta Verde

Por | Edição do dia 12/05/2002 - Matéria atualizada em 12/05/2002 às 00h00

Reduzir as desigualdades sociais, cuidar do povo brasileiro, para que possa ter condições dignas de vida, deve ser a prioridade número um dos futuros governantes do País, na opinião do padre Manoel Henrique, pároco da Igreja de São Pedro, em Ponta Verde. “Isso é o que mais clama os céus, porque o Brasil está entre as 20 maiores nações do mundo”, ressalta. Democracia Para Manoel Henrique, tudo começa através de um processo eleitoral sem irregularidades, conforme documento elaborado pela Igreja que resultou em projeto de Emenda Constitucional contra a corrupção eleitoral. “É necessário combater a irregularidade através do combate à impunidade seja ela financeira, política e moral”, diz o padre. Na sua opinião, o governo de Fernando Henrique Cardoso foi o que mais impediu a apuração de fatos envolvendo o problema, numa tentativa de tentar esconder a realidade. Manoel Henrique defende governantes com um projeto voltado às questões nacionais: um projeto devidamente discutido em todas as mediações sociais e políticas do povo. “É necessário que se faça uma auditoria da dívida pública brasileira e reforma agrária, para evitar mortes e incômodos provocados pelos movimentos sociais”, ressalta, ao destacar que reforma agrária é uma meta da Igreja desde a década de 70.

Mais matérias
desta edição