app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Cidades

Servidores iniciam greve hoje

Os servidores da Justiça Federal em Alagoas deflagram, hoje, uma greve geral por tempo indeterminado, até que o governo federal apresente uma proposta de implantação do Plano de Cargos e Salários da categoria. Com a greve, deixam de ser realizadas as audi

Por | Edição do dia 15/05/2002 - Matéria atualizada em 15/05/2002 às 00h00

Os servidores da Justiça Federal em Alagoas deflagram, hoje, uma greve geral por tempo indeterminado, até que o governo federal apresente uma proposta de implantação do Plano de Cargos e Salários da categoria. Com a greve, deixam de ser realizadas as audiências e, conseqüentemente, a tramitação de processos na jurisdição federal. Para marcar a paralisação, que inclui também funcionários do Tribunal Regional Eleitoral e da Procuradoria Regional do Trabalho, o sindicato da categoria irá oferecer hoje, a partir das 8 horas na porta do prédio das Varas Trabalhistas do TRT, na Praia da Avenida, um café da manhã para os grevistas. Em seguida, está programado um ato-show com artistas locais. Sem dinheiro Segundo o coordenador geral do Sindjus/AL, José Moraes, a paralisação não afetará os serviços essenciais de todos os órgãos judiciários. Ele lembrou que desde o início deste mês que os servidores estão paralisando as atividades em todo o País, visando aprovar o PCS no Congresso, mas o projeto foi retirado da pauta de votação a pedido do próprio governo, que alegou falta de dinheiro no Orçamento. Além de Alagoas, a paralisação dos servidores já atinge 13 Estados, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Ceará, Pernambuco, Amapá, Pará, Paraíba, Mato Grosso e Santa Catarina, dentre outros. “Queremos forçar o governo federal a aprovar ainda este ano o nosso PCS”, disse José Moraes.

Mais matérias
desta edição