app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Cidades

Educa��o promete solu��o para acervo

| FÁBIA ASSUMPÇÃO Repórter O secretário-executivo de Educação, José Márcio Lessa, decidiu instituir uma comissão de trabalho para definir providências e estratégias a curto e longo prazos para solucionar os problemas do Arquivo Público Estadual. A dec

Por | Edição do dia 24/12/2005 - Matéria atualizada em 24/12/2005 às 00h00

| FÁBIA ASSUMPÇÃO Repórter O secretário-executivo de Educação, José Márcio Lessa, decidiu instituir uma comissão de trabalho para definir providências e estratégias a curto e longo prazos para solucionar os problemas do Arquivo Público Estadual. A decisão de criar a comissão foi tomada depois de uma reunião ontem de manhã, na sede da Secretaria de Educação, com representantes do Fórum Pró-Arquivo, que entrou com uma ação no Ministério Público Estadual para cobrar providências ao Estado, diante do abandono do arquivo. A comissão de trabalho será formada por integrantes do Fórum e técnicos da Educação. O coordenador do Arquivo Judiciário, Geraldo da Silva - um dos integrantes do fórum - disse que hoje o prédio onde está abrigado o Arquivo Público é um verdadeiro barril de pólvora. “Todos os espaços do arquivo estão estrangulados”. O prédio do arquivo, ao lado da Biblioteca Pública, apesar de ser tombado pelo Patrimônio Histórico não é considerado ideal para a guarda de documentos históricos. Um dos pontos considerados desfavoráveis do prédio é o assoalho de madeira, que propicia a propagação de cupins. Geraldo afirma ainda que a arquivologia não recomenda arquivos em prédios verticais O Fórum Pró-Arquivo foi criado há menos de 15 dias, preocupado em estabelecer uma política cultural que envolve todas as instituições responsáveis pela guarda de acervo documental do Estado. Ele reúne representantes da Ufal, Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, Pró-Memória, Instituto do Patrimõnio Histórico Nacional (Iphan), Arquivo Judiciário, entre outras instituições. Segundo Geraldo, o fórum pretende fazer o levantamento da situação de outras instituições. A criação do fórum foi uma iniciativa da Associação Nacional dos Historiadores do Núcleo Regional de Alagoas, coordenado pelo professor Sérgio Onofre. A associação percebeu a dificuldade da realização de pesquisas pelos historiadores do Estado, devido à precária conservação dos documentos históricos.

Mais matérias
desta edição