app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5732
Cidades

MST invade Banco do Brasil em Girau

Cerca de 150 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram ontem a agência do Banco do Brasil do município de Girau do Ponciano, no agreste de Alagoas. A ocupação da agência seria uma forma de pressão para liberação de R$ 6

Por | Edição do dia 26/01/2006 - Matéria atualizada em 26/01/2006 às 00h00

Cerca de 150 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) invadiram ontem a agência do Banco do Brasil do município de Girau do Ponciano, no agreste de Alagoas. A ocupação da agência seria uma forma de pressão para liberação de R$ 67 mil, pelo Incra, para oito famílias do assentamento Sete Coqueiros, localizado em Girau do Ponciano para formento (compra de equipamentos e sementes) e construção de residências. Segundo a ouvidora do Incra em Alagoas, Katiúcia Mendes Santos, uma norma do Incra nacional, publicada no dia 19, define que, a partir de agora, os recursos serão liberados diretamente aos fornecedores e não mais para os assentados. A ouvidora disse que já tinha iniciado negociações com os dirigentes do MST para a saída dos sem-terra da agência do Banco do Brasil. “Nós já explicamos as lideranças do MST as novas regras para liberação de recursos, mas já iniciamos uma negociação por telefone para que a agência do Banco do Brasil seja desocupada”, afirma Katiúcia. |GF

Mais matérias
desta edição