app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Trinta e quatro mil renegociar�o d�vida

| MAIKEL MARQUES Repórter Delmiro Gouveia - Trinta e quatro mil produtores do sertão, agreste, zona da mata e baixo São Francisco de Alagoas serãobeneficiados pelo projeto aprovado, na última terça-feira, pelo Senado que prevê a renegociação de financia

Por | Edição do dia 16/02/2006 - Matéria atualizada em 16/02/2006 às 00h00

| MAIKEL MARQUES Repórter Delmiro Gouveia - Trinta e quatro mil produtores do sertão, agreste, zona da mata e baixo São Francisco de Alagoas serãobeneficiados pelo projeto aprovado, na última terça-feira, pelo Senado que prevê a renegociação de financiamentos contraídos nos bancos oficiais. Para entrar em vigor, o projeto precisa ser sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “A aprovação do projeto dá novo fôlego aos produtores de Alagoas. Quem antes não tinha perspectiva e estava com nome sujo agora vislumbra a possibilidade de contrair novos empréstimos e sair do sufoco”, diz o presidente da Associação dos Produtores do Semi-árido, Maxwell Faustino. Segundo apurou a Gazeta, os três senadores de Alagoas - Renan Calheiros (PMDB), Teotonio Vilela Filho (PSDB) e Heloísa Helena (PSOL) - votaram a favor do projeto. Produtores que contraíram dívidas entre R$ 35 mil e R$ 200 mil ou acima desse valor serão beneficiados pelo projeto, que prevê carência de quatro a 25 anos para pagamento da dívida. As condições de pagamento variam de acordo com o valor contraído no início do empréstimo.

Mais matérias
desta edição