app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Cidades

Trio el�trico faz foli�o tirar o p� do ch�o

| CARLOS ROBERTS Repórter Paripueira - Com a participação maciça do público e o cuidado redobrado das autoridades com a segurança, o carnaval ontem à noite em Paripueira não poderia ser diferente: muito tranqüilo e animado. Logo na chegada da praia, o

Por | Edição do dia 01/03/2006 - Matéria atualizada em 01/03/2006 às 00h00

| CARLOS ROBERTS Repórter Paripueira - Com a participação maciça do público e o cuidado redobrado das autoridades com a segurança, o carnaval ontem à noite em Paripueira não poderia ser diferente: muito tranqüilo e animado. Logo na chegada da praia, o bloco As Trepadeiras dava o tom da brincadeira. Vários homens vestidos de mulher indicavam que a festa não tinha hora para acabar e seguiam pelas ruas ao som do frevo. Bem perto dali, havia a concentração de pelo menos três mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar que fazia a segurança no local. samba no pé Muita gente “tirou o pé do chão” com o potente som do trio Chegando de Mansinho, que começou a tocar ao anoitecer e sugeria que a aglomeração de foliões seria muito maior antes de chegar ao final da praia. Os cabelos loiros e o tom de pele rosado no meio da multidão, denunciava: é turista. E lá estava Maria Cristina Muran, 29 anos, moradora de Santos (SP). Ela está hospedada num hotel em Maceió e chegou a Paripueira em um ônibus de excursão. Deixou-se contagiar pela música. “Daí meu pessoal foi embora e fiquei aqui”, disse. “Depois a gente pega um táxi”, completou o marido. Enquanto isto, no 13º Distrito Policial, o chefe de serviço, Élvio Silva, dizia ser em Paripueira um dos carnavais mais tranqüilos dos quais já trabalhou. Ele revelou que desde as 8h até o início da noite, apenas dois boletins de ocorrência haviam sido registrados. Um por furto de documentos pessoais e outro por agressão, resultado da discussão entre um casal que havia abusado da bebida. movimento na br. O movimento de veículos que retornavam das praias do litoral norte deixou o trânsito muito lento na rodovia. E até por volta das 19h, a Polícia Rodoviária informou que havia registrado apenas alguns acidentes de pequenas proporções.

Mais matérias
desta edição