app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5736
Cidades

Prefeitura cede � press�o de agentes

Os agentes de saúde do município de Maceió cruzaram os braços durante a manhã de ontem. Eles esperavam uma resposta da Secretaria Municipal de Saúde quanto à implantação de itens do acordo coletivo fechado em junho de 2005, que previa, entre outras coisas

Por | Edição do dia 16/03/2006 - Matéria atualizada em 16/03/2006 às 00h00

Os agentes de saúde do município de Maceió cruzaram os braços durante a manhã de ontem. Eles esperavam uma resposta da Secretaria Municipal de Saúde quanto à implantação de itens do acordo coletivo fechado em junho de 2005, que previa, entre outras coisas, o aumento do piso salarial da categoria de R$ 300 para R$ 340. A cidade de Maceió tem cerca de seiscentos agentes que atuam em visitas residenciais em todos os bairros do município, cumprindo as ações dos Programas de Saúde da Família (PSF) e de combate às endemias. Além do reajuste salarial eles querem a distribuição de protetor solar, para diminuir os efeitos da exposição exagerada e permanente ao sol no exercício de suas atividades, e tíquete-alimentação no valor de R$ 5 diários. Acordo esquecido A mobilização já vem tomando corpo há algum tempo e, na última terça-feira, dia 14, uma comissão liderada pelo sindicato da categoria reuniu-se com o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde, Edvaldo Neiva, de quem recebeu a garantia de que o acordo seria cumprido. “Mas faltou estabelecer a partir de quando. Desde que o acordo foi firmado, vivemos a esperança, a cada mês, de que ele seja cumprido. Já se passou quase um ano”, destaca Fernando Cândido, presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde. Para esperar a definição de um prazo, os agentes deixaram seus postos de trabalho na manhã de ontem e instalaram uma assembléia em praça pública, na frente da sede da Prefeitura de Maceió, na Praça dos Martírios. Eles ameaçavam fechar o trânsito e radicalizar o movimento, deflagrando greve por tempo indeterminado, mas não precisaram ir a tanto. Termo de compromisso No final da manhã, após a ameaça de greve, o presidente do sindicato dos Agentes de Saúde, Fernando Cândido, anunciou a existência de um termo de compromisso, assumido pela Prefeitura de Maceió, para implantar as reivindicações já a partir do próximo mês. |FAL

Mais matérias
desta edição