app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5713
Cidades

Servidores da Justi�a Federal tentam ampliar ades�o � greve

Um café da manhã em frente ao prédio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou, ontem, a mobilização dos servidores da Justiça Federal em Alagoas, em greve com adesão parcial, desde o dia 15. O objetivo da paralisação é pressionar o governo a promov

Por | Edição do dia 22/05/2002 - Matéria atualizada em 22/05/2002 às 00h00

Um café da manhã em frente ao prédio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou, ontem, a mobilização dos servidores da Justiça Federal em Alagoas, em greve com adesão parcial, desde o dia 15. O objetivo da paralisação é pressionar o governo a promover a revisão do Plano de Cargos e Salários da categoria, em dois eixos: a incorporação de vantagens e gratificações aos salários, garantindo os benefícios à aposentadoria e a reposição das perdas salariais dos últimos oito anos, o equivalente a 80% de reajuste, descontados os 13,5% concedidos no início do ano. Segundo a categoria, os valores foram calculados com base nos dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socio-Econômicos (Dieese). “Em relação à incorporação de vantagens, é uma das principais reivindicações porque o governo pode retirar, a qualquer momento, o que denominamos de penduricalhos dos salários”, disse o representante do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário e Ministério Público do Trabalho em Alagoas, José Moraes Júnior. Interior Segundo José Moraes, a maior adesão é dos trabalhadores da Justiça do Trabalho, com concentrações diárias à porta do Tribunal Regional do Trabalho. A mobilização no TRE tem por objetivo ampliar a adesão à greve no Estado. “Queremos a participação do pessoal da Justiça Eleitoral e de servidores de Penedo e Arapiraca em processo de paralisação de atividades”, afirmou. Os serviços essenciais, como o pagamento de causas trabalhistas, são mantidos e alguns juízes continuam realizando audiências com servidores que não aderiram ao movimento. Alagoas dispõe de cerca de 750 trabalhadores da Justiça Federal.

Mais matérias
desta edição