app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Cidades

Diretor nega que CRM tenha interditado �rg�o

O diretor-geral do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML), José Bastos Barroso, negou a informação de que o Conselho Regional de Medicina (CRM) teria interditado o instituto, por falta de higiene, conforme divulgação pela imprensa na última semana.

Por | Edição do dia 22/05/2002 - Matéria atualizada em 22/05/2002 às 00h00

O diretor-geral do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML), José Bastos Barroso, negou a informação de que o Conselho Regional de Medicina (CRM) teria interditado o instituto, por falta de higiene, conforme divulgação pela imprensa na última semana. Segundo ele, “fizeram um alarme desnecessário sobre o assunto” que, de acordo com ele, já foi resolvido com o conserto da bomba e a instalação de uma nova caixa d’água, para evitar a constante falta de água no local. “O IML não será interditado. Quando soube dessa informação, inclusive, fui imediatamente ao Conselho de Medicina e informado que algumas denúncias chegaram àquela entidade sobre as condições do instituto, que enviou técnicos ao local para verificar o caso. Fiquei até surpreso com a notícia”, afirmou. José Barroso disse, ainda, que é do conhecimento de todos que o IML tem carências, como, por exemplo, a falta de alguns equipamentos, mas isso não impede que os trabalhos sejam feitos. “Temos funcionários abnegados. Por isso, nosso trabalho não pára”. Ele reconhece que o prédio do IML é muito antigo e que sua estrutura não oferece melhores condições de trabalho, mas já existe um projeto para a construção de um novo prédio, em um terreno localizado no Tabuleiro do Martins. “Estamos tentando mudar essa estrutura e acredito que com a construção do novo prédio, a situação deve melhorar”, observou. Ele informou ainda que a parte elétrica, que estava danificada, também já foi consertada, ontem pela manhã, quando uma equipe de eletricistas esteve no local e fez os reparos necessários.

Mais matérias
desta edição