app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5728
Cidades

MP inspeciona rede coletora de esgoto

| FERNANDO VINÍCIUS Repórter Maragogi - O Ministério Público Estadual (MPE) vai fiscalizar o funcionamento do sistema de saneamento básico e esgotamento sanitário de Maragogi. A inspeção foi solicitada pelo Ministério Público Federal, que investiga “den

Por | Edição do dia 19/04/2006 - Matéria atualizada em 19/04/2006 às 00h00

| FERNANDO VINÍCIUS Repórter Maragogi - O Ministério Público Estadual (MPE) vai fiscalizar o funcionamento do sistema de saneamento básico e esgotamento sanitário de Maragogi. A inspeção foi solicitada pelo Ministério Público Federal, que investiga “denúncia de crime ambiental”, segundo a promotora pública Francisca Paula de Jesus. O cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) sobre a obra também é alvo da inspeção marcada para hoje à tarde. A promotora pública não teve acesso a maiores detalhes sobre que tipo de crime estaria ocorrendo, mas disse que “a denúncia está sendo investigada pela Procuradoria da República”. Ela informou, ainda, que a visita “também tem por objetivo saber ser as ligações gratuitas para famílias de baixa renda estão sendo feitas”, ponto estabelecido no TAC assinado pela prefeitura e a Companhia de Saneamento e Abastecimento d’Água do Estado de Alagoas (Casal). Segundo a chefe do escritório da Casal em Maragogi, Rayssa Fragoso, o trabalho é feito diariamente, “de acordo com a ordem do pedido”, seguindo o critério de a casa estar a três metros da rede coletora. “Dependendo do serviço, dá pra fazer até mesmo na hora” informou. Contudo, ela admite “que a procura poderia ser maior”, apesar da distribuição de panfletos e divulgação do serviço nas rádios da cidade. ///

Mais matérias
desta edição