app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

Viajantes de navio n�o conseguem voltar

| GILVAN FERREIRA Repórter O que prometia ser uma “viagem dos sonhos” para 700 alagoanos, que compraram um pacote turístico para um cruzeiro no transatlântico Grand Mistral, pela costa brasileira, com destino a Búzios, no Rio de Janeiro, virou decepçã

Por | Edição do dia 07/12/2006 - Matéria atualizada em 07/12/2006 às 00h00

| GILVAN FERREIRA Repórter O que prometia ser uma “viagem dos sonhos” para 700 alagoanos, que compraram um pacote turístico para um cruzeiro no transatlântico Grand Mistral, pela costa brasileira, com destino a Búzios, no Rio de Janeiro, virou decepção para o grupo de turistas alagoanos, que se revoltou ontem contra a agência M&E Viagens, responsável pela venda dos pacotes, avaliados entre R$ 1.800 e R$ 2.500. De acordo com passageiros do Mistral, os problemas começaram antes mesmo do embarque, marcado para às 17h do último sábado (2), protelado por mais de 10 horas devido a uma suposta pane nos computadores da empresa de viagem. O descontrole na distribuição das cabines fez mais de 200 passageiros desistirem do cruzeiro. ### Empresa diz que problema foi resolvido Apesar das reclamações e das críticas da maioria dos 700 passageiros do transatlântico Mistral, um dos sócios da agência M&E Viagens, Walter Costa, garantiu que todos os problemas teriam sido equacionados e os turistas que embarcaram no cruzeiro contratado por sua empresa chegariam em Maceió dentro do prazo acertado. ///

Mais matérias
desta edição