app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cidades

2007, um ano-novo cheio de boas novas

Lelo Macena Repórter Ano-novo, vida nova. A frase, de tão repetida nessa época, parece já ter perdido o sentido para muitas pessoas. Mas para outras, ela exprime exatamente a sensação de quem está prestes a ter a história redesenhada ou mesmo a vida

Por | Edição do dia 31/12/2006 - Matéria atualizada em 31/12/2006 às 00h00

Lelo Macena Repórter Ano-novo, vida nova. A frase, de tão repetida nessa época, parece já ter perdido o sentido para muitas pessoas. Mas para outras, ela exprime exatamente a sensação de quem está prestes a ter a história redesenhada ou mesmo a vida mudada completamente por um acontecimento que será trazido invariavelmente pelo ano que se aproxima. A boa nova pode vir em forma de uma viagem de estudos, do ingresso na vida universitária, da chegada de um filho ou até mesmo em uma cirurgia de redução de estômago. A Gazeta foi em busca de algumas dessas histórias que serão escritas a partir de 2007, ano que vai deixar marcas positivas na vida de muita gente. ### Distância não impede planos para trilhar novos caminhos 2007 também tem planos traçados para a estudante Juliana Almeida, 19. De malas prontas, ela faz contagem regressiva para viajar e começar a vida profissional nos Estados Unidos, na Virginia, onde vai passar um ano trabalhando e estudando, em um programa de intercâmbio. “Eu vou em busca do meu amadurecimento profissional e pessoal”, diz ela, cheia de segurança. ### Conquistas coroadas no decorrer do ano O estudante Moisés Mafra Cavalcante, 17, é outro que vai de fato inaugurar vida nova em 2007. Aprovado no curso de administração de uma faculdade em Maceió, o garoto inicia carreira universitária buscando a mesma profissão do pai, o consultor de administração Moisés Botelho Cavalcante, com quem vai estagiar a partir do primeiro mês do ano-novo. “Será um ano realmente de muitas novidades pra mim. Ainda mais porque vou começar a trabalhar com meu pai, uma coisa que sempre quis”, diz Moisés, o filho. ### Um ano mais leve e de bem com a vida Se existe uma pessoa cheia de expectativas e apostando todas as fichas no ano de 2007, esse alguém é a estudante de psicologia Flávia Farias Pereira, de 22 anos. Insatisfeita com os quilinhos a mais que ganhou desde que começou a tomar pílulas anticoncepcionais, ela marcou para a segunda quinzena de janeiro a sua cirurgia de redução de estômago, sua esperança de perder peso e voltar a ser feliz, livre dos incômodos de uma vida marcada pela obesidade. “2007 será o meu ano. Quero realizar o meu sonho de emagrecer e voltar a ser feliz”, diz Flávia. ///

Mais matérias
desta edição