app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH07102020

.

Por Cláudio Humberto | Edição do dia 07/10/2020 - Matéria atualizada em 06/10/2020 às 22h02

Foto: ADNAEL SILVA
 

PODER SEM PUDOR: Certo endereço errado

O senador paraibano Efraim Morais (DEM) era conhecido pelo jogo de cintura e o senso de humor. Presidente-tampão da Câmara por 45 dias, no final de 2002, às vésperas de deixar o cargo e a residência oficial, ele recebeu a inesperada visita do campeão de votos Enéas Carneiro (Prona-SP) e de seus deputados acusados de fraudar o domicílio eleitoral. Efraim esmerou-se na simpatia, mas torcia para que fossem embora sem serem vistos. Foi inútil: um repórter soube e quis saber o motivo da visita. Efraim foi rápido: “Nada não, eles erraram de casa...”


Ministro propõe suspender penduricalho de R$5 bi

Enquanto o Congresso nada fez sobre cortar os gastos abusivos do setor público, uma proposta está sobre a mesa do ministro Paulo Guedes (Economia) para ajudar a financiar ações de combate à crise gerada pela pandemia, como Renda Cidadã: a suspensão do auxílio-alimentação dos servidores públicos com salários acima de R$5 mil ao mês. A suspensão por um ano certamente não faria falta aos beneficiados, sobretudo a elite do funcionalismo, e faria o governo federal economizar R$5 bilhões.


Corte necessário

“Concordo que o auxílio-alimentação seja retirado do meu salário sem problemas”, diz o autor da proposta, ministro Bruno Dantas (TCU).


Portarias resolvem

A suspensão de penduricalhos como auxílio-alimentação não precisa de lei, diz o ministro do TCU. São suficientes apenas atos administrativos.


Discurso para plateia

O corte de penduricalhos foi tema do jantar que reuniu Paulo Guedes e Rodrigo Maia, que nada corta, mas agora fala em “cortar músculo”.


Odor de pizza

Na conversa promovida por Bruno Dantas alguém lembrou que é preciso “preservar os direitos adquiridos”. Como se regalias fossem “direitos”.


Servil às distribuidoras, ANP posterga venda direta

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) parece desdenhar das suspeitas de estar a serviço das distribuidoras. Resolução da ANP proíbe produtores de venderem etanol aos postos. Só as distribuidoras podem fazer a venda, lucrando com o suor de quem produz e do consumidor que paga o preço final bem mais elevado. Obediente aos interesses dos atravessadores, numa relação que clama por investigação, a ANP agora inventou mais uma “audiência pública” para postergar a venda direta.


Livre concorrência arquivada

A ANP ameaça trocar seis por meia dúzia, criando “novo distribuidor” e negando ao produtor de etanol o exercício da livre concorrência.


Estes querem venda direta...

Querem a venda direta Jair Bolsonaro, Ministério de Minas e Energia Conselhos de Política Energética (CNPE) e Defesa Econômica (Cade)...


...mas manda quem pode

Novos magnatas da economia, os distribuidores acumulam lucros e poder garantidos pela resolução que adquiriram na ANP há 11 anos.


Cegos de poder

O apego ao poder de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre não tem limites. Em vez de faturar com a eleição da primeira mulher, Flávia Arruda (PP-DF), para presidir a Comissão Mista de Orçamento, cancelaram a eleição ante a iminente derrota de seu candidato Elmar Nascimento (DEM-BA).


Abrindo a fila

A campanha no Ceará deve estar exigindo. O deputado José Guimarães (PT-CE), aquele dos dólares na cueca, amanheceu cedo na agência Estilo do Banco do Brasil da Câmara dos Deputados, nesta terça (6).


Resumindo

Para o deputado Lucas Redecker (PSDB-RS), a polêmica em torno da nomeação de Kassio Marques ao STF é simples de ser resolvida. “É a favor da prisão em segunda instância? Eu sou favorável”, disse.


Revisitando o terreiro

O ex-senador Romero Juca (MDB-RR) perambulou sozinho ontem pelo Salão Verde da Câmara dos Deputados. Parlamentar protagonista por décadas, até parecia não ter sido reconhecido. Deve ser a máscara.


Felipe Melo viu lá

O crédito pela ajuda prometida por Jair Bolsonaro ao brasileiro Robson, preso na Rússia após levar remédio para um jogador de futebol, deve ir ao canal Futirinhas, de Edu Araújo, voz quase isolada no Youtube.


Tudo para dar certo

Candidato a prefeito de São Paulo, o deputado Arthur do Val criticou Rodrigo Maia por criar uma comissão para mudar a lei de lavagem de dinheiro e chamar advogados de Lula, Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Romero Jucá para participar. “É a raposa cuidando do galinheiro”.


Recorde

A Polícia Federal comemorou ontem um novo recorde de apreensões de bens e também de operações no combate à corrupção. Em 2020, até setembro, foram mais de R$ 2,16 bilhões; quase a soma de 2018 e 2019.


19 anos de guerra

Completa 19 anos nesta quarta (7) a invasão dos EUA ao Afeganistão. O objetivo, segundo as forças armadas americanas, era desmantelar a Al-Qaeda, após os ataques de 11 de setembro. Ainda há tropas no país.


Pensando bem...

...aglomeração de políticos em jantar, pode; só ganha críticas quando Bolsonaro está no meio.

EMANNUEL SOARES JÚNIOR, diretor da imobiliária Soares Nobre, comemora o sucesso da Feira Minha Casa Própria, realizada pelo Sinduscon- AL e Ademi- AL semana passada e que movimentou o mercado imobiliário
EMANNUEL SOARES JÚNIOR, diretor da imobiliária Soares Nobre, comemora o sucesso da Feira Minha Casa Própria, realizada pelo Sinduscon- AL e Ademi- AL semana passada e que movimentou o mercado imobiliário - Foto: ADNAEL SILVA
 


Mais matérias
desta edição