app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH09102020

.

Por Cláudio Humberto | Edição do dia 09/10/2020 - Matéria atualizada em 08/10/2020 às 22h41

Foto: Divulgação
 

PODER SEM PUDOR: Corinthians em primeiro lugar

O deputado Maluly Netto, corintiano doente, ajudava o filho na campanha para a prefeitura de Mirandópolis (SP), em 1992. Um eleitor o abordou: “O sr. é conselheiro do Corinthians? Eu queria fazer um teste no time.” Maluly viu que o rapaz era baixinho, talvez uns 1,60m de altura: “Você é ponta-esquerda?” O atleta esclareceu: “Não, sou goleiro.” Maluly despachou, dando as costas ao eleitor e ao voto. “No meu time, não, meu camarada!”


Celso pode ser derrotado, em votação apertada

É imprevisível o julgamento sobre a natureza do depoimento de Jair Bolsonaro no inquérito sobre supostas “interferências” na Polícia Federal. Porém, os próprios ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) dão pistas de que a decisão será apertada, mas com provável maioria favorável ao depoimento por escrito. A suspensão do caso após o voto do ministro Celso de Mello, nesta quinta (8), reservou a ele os holofotes de sua última sessão e objetivou também poupá-lo de eventual derrota.


Direito do presidente

Além de Marco Aurélio, que é contra a oitiva presencial, vários ministros já decidiram em outras ocasiões pelo depoimento por escrito.


Aposta na coerência

Se forem coerentes com a posição pelo depoimento por escrito de Michel Temer, Luís Roberto Barroso e Edson Fachin devem divergir de Mello.


Império dos autos

Outros ministros, como Dias Toffoli, podem seguir o entendimento do voto por escrito, ainda que pessoalmente detestem Bolsonaro.


Bancada garantista

Gilmar Mendes respeita muito Celso de Mello, até se emocionou nas despedidas, mas, garantista, pode garantir o depoimento por escrito.


ANP desafia CNPE e protela venda direta de etanol

Tem provado reações de indignação a manobra protelatória da Agência Nacional do Petróleo (ANP) para dificultar a venda direta do etanol pelos produtores aos postos. A ANP vem empurrando o caso com a barriga há anos, ignorando recomendações de órgãos técnicos, mas desde 4 de junho vem desafiando resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que define as políticas para o setor, que implementa venda direta. Caso chocante de subserviência da ANP aos distribuidores.


Caras de pau

A ANP decidiu por nova “consulta pública” para discutir a criação de um tal “distribuidor vinculado”, como querem as empresas distribuidoras.


Cartório bilionário

A ANP obriga os produtores a vender o etanol a distribuidoras que nada produzem, exceto notas fiscais, aumentando o preço para o consumidor.


Tudo muito suspeito

Quaisquer fabricantes têm direito às leis de mercado, exceto produtores de combustíveis, que são subjugados pela ANP aos atravessadores.


Críticos calados

Mais uma vez o agronegócio vai puxar a economia com novo recorde na safra 2020/21: 268 milhões de toneladas. Para terror de quem tenta culpar o agronegócio pelos incêndios, a área cultivada cresceu só 1,3%.


Ponderação fez falta

A atitude de Celso de Mello tem facilitado a defesa de Jair Bolsonaro, no caso do depoimento no inquérito sobre supostas interferências na PF. Após comparar o presidente a Hitler e chamar bolsonaristas de “fascistoides”, o ministro foi particularmente duro em seu derradeiro voto.


JHC desafia o clã

Em Maceió, o deputado federal JHC, do PTB, desafia o clã Calheiros com uma candidatura que segue líder nas pesquisas para prefeito. Seu principal oponente é Alfredo Gaspar de Mendonça, do MDB.


Agora sim, tudo igual

Em pesquisa divulgada nesta quinta, o Datafolha ajustou para 27% os números do líder para prefeito em São Paulo, Celso Russomano. Exatamente o que já haviam indicado o Paraná Pesquisa e o Ibope


Quantas serão eleitas?

O Tribunal Superior Eleitoral informou que mulheres são 33,3% dos 522 mil registros de candidaturas deste ano. Em 2012 foram 31,5% e 31,9% em 2016. Mas, em média, têm sido eleitas para apenas 11% dos cargos.


Poderia ser melhor

Pequenas empresas sobreviveram à crise com a contratação de R$ 3 bilhões em crédito. Não fosse a morosidade de Rodrigo Maia em votar a MP 992, o valor seria maior e mais empresas teriam sobrevivido.


Ideologia cega

Os ecologistas sempre concordaram que emissões de gases do efeito estufa levaram décadas para chegar ao estágio atual, mas a ideologia fez alguns culparem o desmatamento do ano passado pelos incêndios deste ano. Desconsiderando que os recordes são de 15 anos atrás.


Preocupação ainda é grande

A associação de lojistas de shoppings (Alshop) revelou expectativa de alta de 15% no movimento pelo Dia das Crianças em relação a uma semana normal, mas 27% dos clientes não pretendem comprar nada.


Pensando bem...

...nunca a aposentadoria de ministro do STF foi tão lamentada e criticada ao mesmo tempo.

ELVIRA RIBEIRO, oftalmologista e uma das diretoras do Instituto da Visão, incentiva a cultura alagoana com a 12ª Mostra Cultural do Instituto da Visão, até o dia 19, este ano em formato virtual
ELVIRA RIBEIRO, oftalmologista e uma das diretoras do Instituto da Visão, incentiva a cultura alagoana com a 12ª Mostra Cultural do Instituto da Visão, até o dia 19, este ano em formato virtual - Foto: Divulgação
 


Mais matérias
desta edição