app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH26032021

.

Por Cláudio Humberto | Edição do dia 26/03/2021 - Matéria atualizada em 25/03/2021 às 21h25

Foto: : Divulgação
 

PODER SEM PUDOR: Livro, só para ouvir

Quando soube que o senador Eduardo Suplicy deu ao então presidente Lula um exemplar do livro A Democracia na América, de Alexis de Tocqueville, o senador Mão Santa (PMDB-PI) registrou a inutilidade da gentileza: “Suplicy, ele não gosta de ler. É melhor você mandar um CD de Ulysses Guimarães. Pelo menos, ouvir, acho, ele ouvirá...”


Ernesto fica, mas assessor de Bolsonaro pode cair

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou nesta quinta (25) que ao menos por enquanto não cogita substituir o chanceler Ernesto Araújo, duramente atacado por senadores, quarta (24) ao atender a convite para sessão da Comissão de Relações Exteriores. Quem deve perder o cargo é o assessor internacional Filipe Martins, que fez um gesto de deboche, quase obsceno, durante fala do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. O Palácio do Planalto busca uma saída “honrosa” para o funcionário.


Demissão, a saída

Ministro que já vestiu farda acha que a única “saída honrosa” para Filipe Martins é pedir demissão, poupando o presidente de constrangimentos.


Elo com a base

A molecagem do assessor não custou sua demissão imediata porque ele representa um elo com uma base de apoio que é cara a Bolsonaro.


O alvo era outro

Em política, importa os sinais. Ao criticar a política externa do governo, Pacheco expôs irritação com o fato de o assessor não ter sido demitido.


Elo bolsonarista

Fontes bem situadas no Palácio do Planalto dizem que ambos são “muito caros” ao bolsonarismo e por isso devem ser mantidos.


Estabilidade

Só em cabeças de bagre cabe a fantasia de que um governante demita auxiliar porque a oposição o critica ou a mídia o detesta. Em vez de cair, o ministro Ernesto Araújo pode ter reforçado a estabilidade no emprego.


Pensando bem...

...protestar contra o ministro que assumiu 48h antes mostra bem quem são os intolerantes.


Brasil reage e média de mortes dá sinais de queda

O Brasil finalmente começou a dar mostras de reação à disparada de mortes provocadas pela covid-19 e registrou queda na média móvel por dois dias seguidos pela primeira vez em mais de um mês. Nas últimas 48h, segundo dados da plataforma Worldometer, a média de mortes caiu de 2.349, pico registrado na terça (23), para 2.238 ontem. A última queda na média móvel em dois dias seguidos ocorreu entre 16 e 18 de fevereiro.


O que importa

A queda na média de mortes nos últimos dois dias foi de 5%, o que dá esperança de que a vacinação faz efeito e o pior pode ter passado.


Ritmo acelerado

A semana ainda não acabou, mas já concentra o maior número de doses aplicadas desde o início da vacinação. São 2,7 milhões desde segunda.


Precisa melhorar

A média de casos também começa a dar tímidos sinais de redução, mas ainda gira em torno de 75,3 mil registros por dia, segundo o Worldometer.


Coçando o bolso

A doação empresarial de 10 milhões de vacinas, sim, é ajuda positiva para o Brasil encarar a pandemia. Produzir textos cheios de obviedades sobre a gravidade da crise, sem coçar o bolso, é só conversa mole.


Total aplicado

Segundo a plataforma vacinabrasil.org, foram administradas 80,2% das doses da vacina contra a covid distribuídas pelo Ministério da Saúde. No total (1ª e 2ª doses), até ontem, foram aplicadas 18,7 milhões de doses.


Calote não se esquece

Não admira a dificuldade do governo de Pernambuco de conseguir uma Organização Social (OS) para administrar novo hospital de campanha no Recife. É que a prefeitura da cidade, também do PSB, aplicou um calote no Instituto Humanize, que fazia a gestão do Hospital Provisório Recife.


Após o susto

Após passar mal em Alagoas, onde por quatro dias contemplaria o mar mais bonito do mundo, o general Braga Netto, ministro da Casa Civil, estava bem humorado, ontem, enquanto fazia exames em Brasília.


PT encolhe na Bahia

Apesar de os petistas Lula (40%) e Rui Costa (28%) aparecerem à frente de Bolsonaro no Paraná Pesquisa, na Bahia, para 2022, o desempenho petista é só uma fração dos votos no Estado, em 2018: 72,7%.


Refinaria vendida

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou a venda da Refinaria Landulpho Alves, em São Francisco do Conde (BA), por US$1,6 bilhão. É aquela que os petroleiros diziam valer ao menos US$4 bilhões.


F1 à casa torna

O Grupo Bandeirantes recomeça hoje sua trajetória na Fórmula 1, com a transmissão do treino livre para o Grande Prêmio do Bahrein, às 8h30, no BandSports. O GP terá transmissão na TV aberta domingo, às 12h.

José Alexandre Filho, diretor de suprimentos do Grupo Coringa, ainda recebendo cumprimentos pela passagem do seu aniversário, comemorado ontem
José Alexandre Filho, diretor de suprimentos do Grupo Coringa, ainda recebendo cumprimentos pela passagem do seu aniversário, comemorado ontem - Foto: : Divulgação
 


Mais matérias
desta edição