app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH19112021

.

Por Claudio Humberto | Edição do dia 19/11/2021 - Matéria atualizada em 18/11/2021 às 22h39

 

 

PODER SEM PUDOR: Era uma vez Pió

Campina Grande (PB) também vivia sob a lei marcial da Revolução de 1932 quando, certa madrugada, o vereador Zé Pió retornava de uma farra, em pleno blecaute, e foi interceptado por um sentinela: “Alto lá!” Zé Pió não percebeu que a advertência era para a ele e continuou a andar, tateando a escuridão. O milico engatilhou o fuzil: “Quem vem lá? Fale ou leva fogo!”. O vereador gritou: “É Pió! Não atira que é Pió!” Pior para ele. O soldado achou que era provocação e mandou bala.


Brasil chega a 300 milhões de vacinas aplicadas

O Brasil chega nesta sexta-feira (19) à impressionante marca de 300 milhões de vacinas contra covid-19 aplicadas, segundo dados do portal de monitoramento vacinabrasil.org. Ao todo, o governo federal aplicou ao menos uma dose em cerca de 163 milhões de pessoas, equivalente a 76,4% da população. Além disso, 128 milhões (60%) de brasileiros estão com ciclo vacinal completo e 13 milhões já têm dose de reforço.


Esforço nacional

São 18 Estados e o DF que superaram a marca de 50% da população com ciclo vacinal completo, mantendo a covid sob controle.


Em perspectiva

O Amapá tem a menor proporção de imunizados, 34,8%, e ainda assim é um sucesso comparado ao continente africano, com apenas 6,7%.


Quase milhão

Com 300 milhões de doses aplicadas em 308 dias de campanha, o PNI mantém média de 977,2 mil doses aplicadas/dia desde 17 de janeiro.


Expertise campeã

A expertise brasileira em vacinação tem sido fundamental e o Brasil já vacinou mais que Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França etc.


Críticos fazem de Bolsonaro ‘defensor do servidor’

O presidente Jair Bolsonaro não é exatamente especialista na guerra de comunicação, mas dá seus tirinhos. Seu feito mais recente é colocar a oposição e todos os críticos, inclusive os ativistas da mídia, para divulgar sua intenção de aumentar os salários dos servidores federais, ainda que o ataquem pela iniciativa. Aconteceu o que ele queria. No Planalto, a avaliação é que muitos dos críticos do aumento estariam apenas preocupados com os eventuais ganhos eleitorais do presidente.


Aumento, talquei?

A “sacada” de Bolsonaro ocorreu durante a visita Dubai. Aproximou-se dos jornalistas e os surpreendeu, garantindo as manchetes do dia.


Oposição a favor

Político experiente, o presidente sabia que os críticos se encarregariam de espalhar que, no que depender dele, os servidores terão aumento.


Pego no contrapé

Nada estava combinado. Até o líder do governo e relator da PEC dos Precatórios, Fernando Bezerra (MDB-PE), desdenhou da promessa.


Sem desmerecer

Para Wilson Pedroso, coordenador da campanha do governador de São Paulo, João Doria, nas prévias do PSDB, a tentativa de diminuir o valor do voto dos tucanos-eleitores de SP pelo gaúcho Eduardo Leite é “desdém”. “Nosso adversário revela ser seletivo”, disse Pedroso.


Investigar é preciso

Procurando explicação para a atitude abusiva do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a senadora Simone Tebet (MDB-MS) citou “cargos públicos que foram dados ou que não foram dados”. Há suspeitas ainda mais graves, que deveriam ser investigadas.


Pedala, Pacheco

Além da molecagem de Alcolumbre, recusando-se a pautar votações na CCJ, impressiona a falta de autoridade e de liderança do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Sua omissão é constrangedora.


Pegou mal

Lasier Martins (Pode-RS) ficou “perplexo” com a afirmação do ministro Dias Toffoli sobre o “poder moderador” do STF. “Sem votos, o ministro quer que o STF seja superior aos outros poderes”, disse o senador.


CRE funciona

A Comissão de Relações Exteriores do Senado marcou para a quinta-feira (25) a sabatina de dez indicados para embaixadas brasileiras mundo afora, incluindo China, Espanha, Colômbia e Equador.


Deboche continua

Senadores da Comissão de Constituição e Justiça reclamam que nem sequer foram numerados para entrar na pauta, requerimentos apresentados a fim de agendar a sabatina de André Mendonça.


Tsunami solar

O uso da energia solar no Brasil segue em franca expansão e parece um tsunami, passando por cima do lobby. O setor informa que o Sol já é responsável por 12 gigawatts gerados, alta de 10% em um mês.


Não caia na fake News

O IBGE informa que em 2019 só 9,4% da população brasileira se declarou negra. Mas as ONGs que atuam na área mascaram os dados ao incluir na conta a real maioria de 46,8% que se declara parda.


Pensando bem...

...o maior problema de fazer campanha na Europa é conseguir votos no Brasil.

Mais matérias
desta edição