app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH24052022

.

Por Claudio Humberto | Edição do dia 24/05/2022 - Matéria atualizada em 23/05/2022 às 21h17

 

Foto: : Divulgação

PODER SEM PUDOR


Medo do alto

Afonso Arinos de Melo Franco exercia o pior cargo para quem tinha pavor de avião: ministro das Relações Exteriores de João Goulart. Certa vez, ao concluir uma visita a Portugal, ele foi despedir-se do presidente anfitrião, Américo Tomás, que logo tocou no ponto fraco: “O senhor gosta de avião?” Arinos achou que uma mentirinha não faria mal: “Não muito, excelência.” Ao invés de tranquilizar o chanceler brasileiro, Américo Tomás fez um comentário que o atormentaria durante todo o percurso de volta: “É, enquanto eles voam lá em cima, as oficinas continuam cá em baixo...”.


Nova pesquisa pode indicar ‘o menos ruim’ na 3ª via

Após o anúncio da desistência do pré-candidato João Doria, “viúvas” da candidatura de Eduardo Leite voltaram a pressionar os dirigentes do partido a entronizar o ex-governador gaúcho na disputa para presidente, em outubro. O problema agora seria obter a desistência de Simone Tebet (MDB), e a senadora não parece disposta a isso. A menos que os claudicantes dirigentes partidários optem por uma nova pesquisa para indicar, entre Leite e Tebet, qual o candidato menos ruim para a disputa.


Caminho sem volta

Apesar do anúncio emocionado da desistência, Doria ainda alimenta a esperança de ser reconvocado pelo partido que o traiu. Sem chances.


Melhor a morte

A direção tucana preferiu arriscar a sobrevivência do PSDB a deixar que Doria saísse das urnas ao menos como a maior liderança do partido.


Fazendo política

Mais experiente que os presidentes do MDB e PSDB, Roberto Freire (Cidadania) defende a retomada de negociações com outros partidos.


Mais dois à mesa

Para Freire, é preciso voltar a conversar com o União Brasil, presidido por Luciano Bivar (PE), e o Podemos do senador Álvaro Dias (PR).


Senado pede ideias aos cidadãos, mas as ignora

Apenas 215 das 1.646 sugestões ou “Ideias Legislativas”, criadas no site e-Cidadania do Senado, obtiveram as 20 mil assinaturas para serem analisadas pela Comissão de Direitos Humanos, como prevê a lei. Dessas 215, exatas 110 cumpriram a exigência, mas não viraram projeto, demonstrando que o espaço para “Ideias Legislativas” no Senado é só uma jogada de marketing. Outras sugestões têm apoio, com análise prevista no regimento do Senado, mas estão na gaveta desde 2016.


Gaveta sem fundos

Atraiu apoio de 93.117 brasileiros, mas foi para a gaveta, a ideia de afastar do serviço público político condenado a mais de 1 ano de cadeia.


Veto em causa própria

A ideia de extinguir a estabilidade no serviço público (Sugestão Nº 5 de 2020) obteve 28.382 apoios, mas desde março de 2020 está na gaveta.


Pouquíssimo

Apenas 37 das 215 ideias com o apoio mínimo se tornaram projeto de lei ou proposta de emenda à Constituição, no Senado, desde 2015.


Tristeza demais

Sobre a desistência de João Doria, o empresário Luciano Hang não tem dúvida: “o povo enxerga o teatro que políticos fizeram na pandemia, tentando crescer em cima de algo tão triste”.


Êxtase

O suplente de senador José Aníbal (PSDB-SP), que não parece ser dado a sorrisos, “gargalhava por dentro”, como se diz em política, ao comentar ontem a desistência do ex-governador João Doria, de quem é inimigo.


Adeus às tetas

Marcelo Ramos (AM) trocou o PL pelo PSD, mas queria se manter no cargo que pertence a seu antigo partido, na Câmara. Foi destituído até com aval do STF, mas agora chama a decisão de “antidemocrática”.


Brasil acovardado

É ridícula a “multa” de apenas 30 mil dólares pelos atos de racismo de torcedores argentinos do Boca Juniors contra brasileiros do Corinthians. Não é “punição”, é até um estímulo, sob o silêncio acovardado do Brasil.


Pense num absurdo

A Revista Andes, a ser lançada no dia 6 pelo presidente da Associação Nacional de Desembargadores (Andes), Marcelo Buhatem, revela que apenas 30 empresas são responsáveis por 70% de processos que tramitam no Poder Judiciário, sendo que 50% dessas ações dizem respeito a execuções fiscais.


Cúmulo da lacração

Evento de governos e bilionários, o Fórum Econômico Mundial, na Suíça, inaugura nesta terçam (24) o “Salão da Igualdade”, patrocinado por Citi, NBC, JPMorgan etc., com o slogan “O lugar para líderes conscientes”.


Aviso amigo

“Se nós começarmos a exigir da política, de todos os ocupantes de mandato, comunicações politicamente corretas, nós estamos rompendo com o ideal da liberdade de expressão”, avisou o PGR Augusto Aras.


Tratado de Moscou

Completa 20 anos nesta terça (24) o SORT (Tratado sobre Reduções de Ofensiva Estratégica), também conhecido como o Tratado de Moscou, que limitou arsenais nucleares dos EUA e Rússia a 2.200 ogivas cada. 


Pensando bem...

...Doria é o primeiro tucano abatido em pleno voo por aves da mesma espécie.

Mais matérias
desta edição