app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH29122023

.

Por Claudio Humberto | Edição do dia 29/12/2023 - Matéria atualizada em 29/12/2023 às 04h00

 

Foto: DIVULGAÇÃO
PODER SEM PUDOR: ALIANÇA ÁRABE-JUDAICA

O presidente nacional da OAB, Cezar Britto, e o dirigente da OAB-Rio, Wadih Damous, deixavam o Supremo Tribunal Federal, onde se queixaram de “abusos” da Polícia Federal contra o direito de defesa de presos pela Operação Hurricane. À saída, aguardaram o secretário-geral adjunto da OAB, Alberto Toron, que ficara para trás. Wadih brincou com Toron:

- Agradeça-me por não ficar à pé: eu pedi para esperar você.

- É a primeira vez que um árabe ajuda um judeu – respondeu Toron, na bucha – Eu jamais esquecerei esse gesto...

FARRA COM JATOS DA FAB SOMA QUASE 2 TMIL VOOS EM 2023

Autoridades com direito ao uso de jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB) para flanarem por aí não se fizeram de rogadas ao longo de 2023 e acionaram a regalia por 1996 vezes. Como os dados mais recentes são do fim da semana passada, o ano deve fechar pra lá de duas mil viagens. A presidência da Câmara dos Deputados lidera o número de requisições, foram 133 voos. Na sequência, a presidência do Congresso Nacional, com 111 viagens. Na Esplanada, a farra também rolou solta.

FAMA INJUSTA

O Ministério da Defesa acionou os jatinhos por 99 vezes. Mas só três foi para o titular da pasta. Outras 96 foram para ministros do Supremo.

REINA ABSOLUTO

Já Flávio Dino (Justiça e Segurança Pública) adora a regalia. Foram 95 viagens. É o ministro de Lula que mais flanou nas asas da FAB.

FAB 2X0 LULA

Afamado como “ministro-micro”, Márcio França tem mais voos na FAB, dois, do que despachos privados com Lula, que nunca o recebeu a sós.

EXEMPLO VERDE

Sempre ativa contra combustíveis fósseis, Marina Silva (Meio Ambiente) voou 24 vezes, uma delas em trecho de 25 minutos (Brasília/Goiânia).

SÓ 15 SENADORES ASSUMEM POSTO DE OPOSIÇÃO ‘RAIZ’

O primeiro ano do governo Lula no Senado mostra que só 15 parlamentares votaram até 50% das vezes conforme pretendido pelo Palácio do Planalto. O PL é o partido com mais nomes, oito dos 12 que compõem a bancada. O Republicanos tem três nomes. O PP, outros dois. O União Brasil marca presença com Sérgio Moro (PR), único da bancada de sete senadores que ousa dar mais votos contra o Planalto.

MENOS É MAIS

Jorge Seif (PL-SC) é o parlamentar no Senado com menor alinhamento ao governo, a “taxa de governismo” é de apenas 39%.

NO MURO

Três senadores votaram 50% das vezes para cada lado: Esperidião Amin (PP-SC), Tereza Cristina (PP-MS) e o zero um Flávio Bolsonaro (PL-RJ).

QUASE EMPATE

No geral, os senadores têm 72% das votações alinhadas ao Planalto. O índice é menor do que o da Câmara dos Deputados, 73%.

APOCALIPSE LULA

O fechamento de lojas e postos de trabalho motivou reflexão do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ). “As consequências da política econômica do apocalipse Lula vai perdurar por anos”, concluiu o parlamentar.

É CIÚMES

Nikolas Ferreira (PL-MG) comentou a possibilidade de ser investigado no processo que apura ameaças a Lula nas redes sociais. Ao negar relação, o deputado sugeriu certa ciumeira do engajamento que tem na internet.

EXPLICA AÍ

Eduardo Girão (Novo-CE) cobrou a Casa Civil pelos R$ 27 milhões em reformas e móveis para os palácios presidenciais. “Não poupa o dinheiro do brasileiro na hora de bancar os próprios devaneios”, diz o senador.

MICHELLE EM BRASÍLIA

O casal Michelle e Jair Bolsonaro deve passar a virada do ano em cidades diferentes. O ex-presidente planejou o réveillon em São Miguel dos Milagres (Alagoas), já a ex-primeira-dama fica em Brasília (DF).

INSEGURANÇA JURÍDICA

O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) não vê com bons a reoneração da folha de pagamento anunciada por Fernando Haddad (Fazenda). “Passa a valer o quê? A medida provisória ou a lei que foi promulgada?”, indagou o parlamentar.

PAPAI NOEL PETISTA

Ciro Nogueira (PP-PI) aproveitou o clima natalino e lançou: “tem roupa vermelha, barba branca e um saco de maldades contra o trabalhador”, o senador explicou do que se trata: é o papai Noel do PT.

OPOSIÇÃO NO STF

Desta vez foi a oposição que procurou o Supremo Tribunal Federal para garantir a derrubada do veto sobre o marco temporal. Republicanos, PP e PL acionaram a corte. O relator da ação é o ministro Gilmar Mendes.

PERGUNTA NO LITORAL

Lula vai ter coragem de dar um mergulho em alguma praia pública?

Mais matérias
desta edição