app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Cláudio Humberto

Confira os destaques da política nacional #CH21032024

.

Por | Edição do dia 21/03/2024 - Matéria atualizada em 21/03/2024 às 18h57

 

Foto: DIVULGAÇÃO
 

PODER SEM PUDOR: VOTOS GARANTIDOS

Reza a lenda que o “coronel” e vereador Nei Ferreira era candidato à reeleição, em Vitória da Conquista (BA), quando visitou um bairro da cidade: “Aqui eu quero 750 votos” – gritou do palanque. Um apoiador quis puxar saco: “Pois o sr. vai ter 1.500 votos, coronel.” Ferreira voltou a proclamar, ao microfone: “Eu sei que 1.500 eleitores já prometeram votar em mim neste bairro, mas como eleitor é um animal muito safado, eu aceito a metade!”

LULA É ‘PRAGA DE SOLO’, DIZ DEPUTADO: ‘MATA A RAIZ’

Em entrevista ao podcast do Diário do Poder divulgada nessa quarta-feira (20), o vice-líder da Oposição na Câmara, deputado Evair de Melo (PP-ES), comparou o presidente Lula (PT) a uma praga que mata a raiz da planta, na agricultura. Para Melo, de família de cafeicultores, os ataques do petista ao agronegócio, desde a campanha de 2022, prejudicam o País: “O presidente hoje é uma praga de solo. Ele está matando a raiz brasileira, está literalmente matando nossa galinha dos ovos de ouro”.

PLANO VELHO

“Ficou claro que [Lula] não tem plano de governo”, observa o deputado capixaba. “A índole do PT é a cooptação”.

BOM SENSO, STF

Evair pediu o “bom senso” ao Supremo Tribunal Federal para promover a pacificação do País, acabando com o clima de ódio que só piora.

MUITOS NEGATIVOS

Outra preocupação do deputado são as decisões do STF que interferem em outros Poderes, geram insegurança jurídica e afastam investimentos.

REJEIÇÃO CHEGA A 64%

Pesquisa Quaest mostra que a rejeição ao governo Lula cresceu também no mercado financeiro. A avaliação negativa disparou 12 pontos em quatro meses, passando de 52% (novembro) para 64% (março).

O INEXPLICÁVEL

É mesmo difícil explicar o inexplicável, certamente por isso foi tachado de “incompreensível” o depoimento de um representante da Polícia Federal no Senado sobre a prisão de um jornalista português que chegava a São Paulo para cobrir o ato gigante pró-Bolsonaro na Avenida Paulista.

ATAQUE AO CARTEIRO

Ciro Gomes definiu como “tentativa de matar o carteiro para que a carta não seja lida” a campanha difamatória que sofre desde que denunciou a suspeita de falcatrua bilionária envolvendo bancos e o governo Lula.

BARRACO AOS 44

Terminou em confusão a sessão da Câmara sobre os 44 anos do Partido dos Trabalhadores. O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) abriu uma faixa “parabenizando” o PT pelos “44 anos de corrupção”.

PSDB ENCOLHE

O mirrado PSDB sofreu mais um baque e perdeu um parlamentar. Izalci (DF) confirmou que vai trocar o partido pelo PL. Com o movimento, os tucanos ficam só com um senador. Já a bancada liberal sobe para 13.

MEDALHA DE MEDEIROS

O deputado José Medeiros (PL-MT) é o mais novo agraciado com a medalha “3 is”, conferida pelo ex-presidente Jair Bolsonaro. A bem-humorada horaria reconhece quem é “imorrível, imbrochável e incomível”

CHUCHU EMPODERADO

Coube ao vice-presidente Geraldo Alckimin, conhecido na política paulista como picolé de chuchu, tamanha a apatia, pedir “entusiasmo” ao ministro Rui Costa (Casa Civil) ao apresentar “os feitos” do governo.

QUESTÃO DE PERCEPÇÃO

Exaltada por petistas, a alta de 0,6% na atividade econômica de janeiro é “modesta”, diz a agência Bloomberg. A alta de 0,4% no PIB do penúltimo trimestre de Bolsonaro foi “decepção”, disse à época o mesmo veículo.

 

Deputada ADRIANA VENTURA (Novo-SP) após ser constatado que Lula mentiu ao acusar Bolsonaro de dar sumiço a móveis
Deputada ADRIANA VENTURA (Novo-SP) após ser constatado que Lula mentiu ao acusar Bolsonaro de dar sumiço a móveis - Foto: DIVULGAÇÃO
 


Mais matérias
desta edição