app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Coluna Religião

COISAS CONCRETAS

...

Por Mons. Pedro Teixeira Cavalcante/Teólogo | Edição do dia 15/02/2020 - Matéria atualizada em 15/02/2020 às 06h00

Ouvimos muitos sermões, lemos muitos livros de espiritualidade, participamos de muitas reuniões e movimentos, mas parece que o nosso progresso espiritual não se desenvolve. Por quê? Talvez a resposta seja porque não pomos em prática as coisas que aprendemos, que ouvimos, que sabemos. Ficamos no ouvir, no ler, no admirar, no achar bonito, mas no pôr em prática ficamos parados, embora lamentemos, algumas vezes, que não progredimos.

A Bíblia, livro sagrado por excelência, dá-nos o exemplo e a solução. Ela diz que precisamos cumprir os mandamentos do Senhor; que devemos ser sal e luz para o mundo, que devemos amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como Jesus amou e tantas coisas gerais, mas não fica nisso, pois apresenta as atitudes concretas que devemos tomar.

Vejamos alguns exemplos: a Bíblia diz que devemos amar a Deus sobre todas as coisas, mas logo ensina que isso se realiza pelo cumprimento dos mandamentos do Senhor e nos diz quais são esses mandamentos. A Bíblia nos manda amar o próximo como Jesus amou e logo ensina que não há maior amor do que dar a vida pelo irmão, que não devemos julgar ninguém, que devemos ser pacientes, bondosos, não devemos ser invejosos nem orgulhosos nem arrogantes, nem tratar mal a pessoa alguma, não nos irar contar os outros, nem guardar rancor daqueles que nos ofendem, antes perdoá-los e dar-lhes a outra face, e diz, ainda, para darmos de comer a quem tem fome, de beber a quem sede e vestir os nus.

Jesus nos diz que devemos ser sal e luz do mundo, de tal maneira que as pessoas, vendo nossas boas obras, louvem o Pai do céu. Mas, traduzindo essas ordens na prática, o profeta Isaías nos aconselha: “Reparte o pão com o faminto, acolhe em casa os pobres e peregrinos. Quando encontrares um nu, cobre-o e não desprezes a tua carne. Então, brilhará tua luz como a aurora... Se destruíres teus instrumentos de opressão e deixares os hábitos autoritários e linguagem maldosa... nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia” (58, 7-8, 9-10).

Apresentamos aqui alguns exemplos, pois a Bíblia está cheia de conselhos concretos, como se tem no livro do Eclesiástico. A fé deve se realizar nas obras, obras concretas, como disse Jesus: “Nem todo aquele que diz Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai” (Mt 7,21).

Mais matérias
desta edição