app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5647
Coluna Religião Movimento Segue-me celebrou seus 25 anos na Arquidiocese de Maceió, com missa, show musical e sorteio de brindes

MOVIMENTO SEGUE-ME CELEBRA JUBILEU DE PRATA

Comemoração, no sábado (2), teve início com a Santa Missa, em ação de graças, realizada na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus

Por Suzana Lima/Pascom Arquidiocesana | Edição do dia 09/12/2023 - Matéria atualizada em 09/12/2023 às 04h00

O Movimento Segue-me celebra seus 25 anos na Arquidiocese de Maceió. A comemoração do Jubileu de Prata, no último sábado (2), teve início com a Santa Missa em ação de graças, realizada na Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus, no bairro Serraria, em Maceió, presidida pelo pároco, o monsenhor José Augusto.

Após a reflexão do Evangelho, ele convocou os jovens para a missão de servir, mesmo diante de tantas dificuldades, e fez um apelo para que eles assumissem a evangelização através da catequese, por ser um ministério muito carente. “Eu preciso estar atento e vigilante para não ser tragado pelo projeto do mundo e, me decidir pelo projeto de Jesus Cristo, isso que é seguir! É ter a coragem de viver o grande desafio da vida”, disse o monsenhor.

Após a missa, a programação do Jubileu continuou. Os jovens e convidados seguiram para o Salão Reviver, naquela localidade, onde a animação foi com o show do Ministério Tronos e DJ Max Stell, também houve o sorteio de brindes.

Cônego Valmir Galdino, diretor espiritual do movimento, recebeu uma bela homenagem e falou da trajetória de 25 anos: “Verdadeiramente é uma história, são 25 anos, já é um jovem, quase adulto, né? Eu entrei no Segue-me a partir da vida de seminarista, fazendo pastoral na Igreja de São Pedro, em 2006, conheci o movimento, comecei a acompanhar como seminarista, diácono e, até hoje, padre, acompanho como diretor espiritual. Então, me enriqueceu muito como seminarista, como diácono e acompanhando já há 14 anos como padre. Por meio do Segue-me, o reino de Deus também é edificado”, disse.

Pelo dinamismo do Espírito Santo, o Movimento Jovem já foi implantado em 13 paróquias, todas em Maceió. Jailson Júnior, jovem coordenador do Segue-me Arquidiocesano, lembrou do início. “O movimento surgiu aqui na Arquidiocese, em meados de 1998, com o primeiro encontro na Paróquia de São Pedro, o Apóstolo, na Ponta Verde, em Maceió. Foi o pontapé inicial do movimento aqui na nossa Arquidiocese”.

A INSPIRAÇÃO

O movimento nasce inspirado no chamado e na proposta de amor e salvação que Cristo dirige a cada homem. “Segue-me” é uma das mais expressivas palavras de Jesus na Sagrada Escritura, como se observa claramente no relato da vocação de São Mateus (Mt 9,9): “Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, que estava sentado no posto do pagamento das taxas. Disse-lhe: segue-me. O homem levantou-se e O seguiu”.

NA ARQUIDIOCESE

Em 1997, jovens de Maceió foram a João Pessoa-PB participar de um encontro do movimento. Em setembro de 1998, com o apoio dos paraibanos, foi realizado o primeiro Segue-me da Arquidiocese de Maceió, na Paróquia São Pedro Apóstolo.

Mais matérias
desta edição