app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Economia

Banco lan�a estudo sobre secas no NE

O Banco do Nordeste (BN) lançou, ontem, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro, um diagnóstico completo de todas as secas que resultaram em impactos negativos econômicos e sociais para a Região Nordeste. Conforme informações de Expedito Neiva, gerente do BN,

Por | Edição do dia 18/09/2002 - Matéria atualizada em 18/09/2002 às 00h00

O Banco do Nordeste (BN) lançou, ontem, na sede do BNDES, no Rio de Janeiro, um diagnóstico completo de todas as secas que resultaram em impactos negativos econômicos e sociais para a Região Nordeste. Conforme informações de Expedito Neiva, gerente do BN, o diagnóstico tem como objetivo criar alternativas de solução para minorar os efeitos drásticos causados pela seca. Conforme informações de Expedito Neiva, o diagnóstico relata as secas ocorridas nos anos de 58,70,79,80,93,98 e 99, as quais, afirma, causaram impactos negativos na áreas econômica e social no Nordeste. Um dos principais prejuízos sofridos com a seca na região, afirma, está relacionado à queda no setor produtivo e na performance financeira. Entre as alternativas para minimizar os efeitos da seca, apresentadas pelo Banco do Nordeste, segundo Expedito Neiva, estão armazenar e distribuir de forma racional os recursos hídricos mediante poços, açudes, barragens subterrâneas, além de cisternas. “Nossa pretensão é estabelecer melhores condições para superar todos os efeitos negativos causados pela seca na região”, acentuou.

Mais matérias
desta edição