app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5714
Economia

Hor�rio de ver�o s� come�a ap�s elei��es

O horário de verão só deverá vigorar mesmo no início de novembro. A informação foi confirmada no início da noite de ontem pelo ministro Francisco Gomide, das Minas e Energia. Segundo ele, com a situação de folga no suprimento de energia e o regime hidroló

Por | Edição do dia 18/09/2002 - Matéria atualizada em 18/09/2002 às 00h00

O horário de verão só deverá vigorar mesmo no início de novembro. A informação foi confirmada no início da noite de ontem pelo ministro Francisco Gomide, das Minas e Energia. Segundo ele, com a situação de folga no suprimento de energia e o regime hidrológico estão favoráveis, a medida adotada para reduzir a carga no horário de pico e economizar energia deverá vigorar por um período menor que o normal este ano. Gomide explicou que os detalhes sobre que Estados participarão do horário de verão ainda estão sendo acertados, mas que a mudança nos relógios deverá ocorrer mesmo no primeiro fim de semana após o segundo turno das eleições, terminando no início de fevereiro. O adiamento do início do horário de verão foi solicitado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para evitar problemas na programação das urnas eletrônicas. Segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Nelson Jobim, o problema é que as urnas eletrônicas teriam de ser reprogramadas para o novo horário. Além disso, seria impossível cumprir a determinação legal de que o programa eleitoral seja transmitido em cadeia de rádio e televisão, já que a medida não vigora em todas as regiões do País. O assunto foi tema de conversa informal entre Jobim e o ministro-chefe da Casa Civil, Pedro Parente, na última semana.

Mais matérias
desta edição