app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Economia

Programa ensina micros a lidar com econeg�cios

O Sebrae lança, hoje, um programa de ações voltadas à Gestão e Engenharia Ambiental com foco na problemática vivida pelas micro e pequenas empresas alagoanas. O lançamento do Programa Sebrae de Econegócios acontecerá a partir das 8h, no auditório da insti

Por | Edição do dia 18/09/2002 - Matéria atualizada em 18/09/2002 às 00h00

O Sebrae lança, hoje, um programa de ações voltadas à Gestão e Engenharia Ambiental com foco na problemática vivida pelas micro e pequenas empresas alagoanas. O lançamento do Programa Sebrae de Econegócios acontecerá a partir das 8h, no auditório da instituição. De acordo com o supe-rintendente do Sebrae em Alagoas, gen. Nilton Moreira Rodrigues, ainda serão lançados o Núcleo de Econegócios do Sebrae, a fim de articular as instituições que atuam com a questão ambiental, e a Rede de Econegócios, que contará com consultores capacitados em gestão ambiental, produção mais limpa, gestão de resíduos sólidos e gestão de efluentes e emissões. O Programa Sebrae de Econegócios tem como desafio responder a inúmeros questionamentos da própria classe empresarial e aos órgãos legítimos da sociedade, como a imprensa. Como gerar desenvolvimento sem agredir o meio ambiente? Como fazer negócios a partir de uma exploração adequada dos recursos da natureza? É possível empreender de forma ecologicamente correta? Todas essas dúvidas precisam de uma reflexão. A degradação ambiental tem sido um dos vários problemas existentes na atualidade. Os resultados da Rio + 10 são uma prova clara de que nem todos desejam empreender com o aproveitamento justo dos recursos da natureza e respeitando o meio ambiente. Para o superintendente do órgão, Nilton Moreira, apesar disso, inúmeros negócios surgem no mundo, abrindo novos nichos para a atuação do empreendedor e de uma maneira ou outra, colaborando para amenizar o atual contexto ambiental. Mas a ecologia está em alerta por vários motivos, como a perda da biodiversidade, o aquecimento global, a destruição da camada de ozônio, a produção de lixo, entre outras questões, e isto por causa de vários fatores inerentes à sociedade moderna. Deste modo, é preciso encontrar alternativas para restabelecer o equilíbrio entre o homem e o seu hábitat, ou seja, o equilíbrio ecológico. Podendo, invariavelmente, se dar por meio do empreendedorismo.

Mais matérias
desta edição