app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Economia

Sururu aumenta e ajuda a elevar custo da Cesta Gazeta em 5,26%

O preço médio do sururu subiu nesta quinzena 27,67% e junto com a manteiga Vale Dourado, que por sua vez aumentou 31,87%, ajudou a elevar o valor médio da Cesta Gazeta em 5,26%. A alta foi constatada na última pesquisa sobre produtos alimentares realizad

Por | Edição do dia 21/09/2002 - Matéria atualizada em 21/09/2002 às 00h00

O preço médio do sururu subiu nesta quinzena 27,67% e junto com a manteiga Vale Dourado, que por sua vez aumentou 31,87%, ajudou a elevar o valor médio da Cesta Gazeta em 5,26%. A alta foi constatada na última pesquisa sobre produtos alimentares realizada pelo Gape em sete dos principais estabelecimentos de venda de produtos alimentares em Maceió. Esta elevação anulou a queda que aconteceu há um mês (2,16%) e tinha se mantido na última quinzena. Nesta quinzena a pesquisa Gape também detectou apenas uma pequena quantidade de produtos em promoção – apenas sete e a maioria (5) está no Hiper Bompreço. Os dois outros estabelecimentos que estão com ofertas são o Bompreço Ceasa e o supermercado Via Box. Ao que parece, os preços da Cesta Gazeta estão novamente na ciranda do sobe-e-desce, o que talvez seja resultado do aquecimento da campanha eleitoral. O que se pode constatar de fato é a instabilidade dos preços, que ora sobem, ora descem. A oscilação, entretanto, deve-se à forma como eles são praticados. É aí então que o consumidor deve ficar atento. Por conta das constantes remarcações e promoções, que são realizadas, os preços nunca ficam realmente estáveis. Para se ter uma idéia, basta citar o caso do açúcar cristal, que subiu 42,11% no Hiper Bompreço, 82,89% no Bompreço Ceasa, e caiu 3,90% no Supermercado Via Box. A banana, outro produto que também subiu, teve majorações bem diferenciadas 76,92% no Hiper Bompreço e 263,16% no Bompreço Ceasa. Nesse último estabelecimento provavelmente estava com o preço abaixo do mercado e agora deu uma subida para se reajustar. Nesse caso perde o consumidor. Maiores Nesta quinzena os dez produtos que apresentaram maior aumento foram: manteiga Vale Dourado (31,87%), sururu (27,67%), margarina Primor (18,51%), açúcar cristal (17,76%), frango (6,59%), chuchu (16,24%), queijo mussarela (12,09%), filé (10,39%), banana (10,27%) e mamão Formosa (8,39%). Em oposição aos dez produtos que mais aumentaram de preço destacaram-se outros dez que por sua vez apresentaram bons índices de redução em seus valores de venda. Foram eles cenoura (34,64%), café Afa (17,49%), arroz parboilizado (14,53%), cavalinha (10,79%), farinha de mandioca (10,27%), ovos (8,78%), batata (7,95%), feijão (6,40%), tomate (5,85%), atum (4,73%). Cesta A Cesta Básica Alimentar (governamental) registrou um aumento de 2,21% em relação à quinzena anterior. Esse aumento em parte aconteceu devido às alterações sofridas pela manteiga e pelo açúcar cristal que tiveram os seus preços majorados em mais de dez por cento.

Mais matérias
desta edição