app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Economia

Baixa durou apenas um dia: d�lar fecha a R$ 3,78

Após a retração de quarta-feira, o dólar terminou a quinta-feira com uma nova alta e encostou em sua maior cotação de fechamento - R$ 3,78, registrada na terça-feira. Ontem, a moeda norte-americana encerrou o dia vendida a R$ 3,76 e comprada a R$ 3,75 - 2

Por | Edição do dia 27/09/2002 - Matéria atualizada em 27/09/2002 às 00h00

Após a retração de quarta-feira, o dólar terminou a quinta-feira com uma nova alta e encostou em sua maior cotação de fechamento - R$ 3,78, registrada na terça-feira. Ontem, a moeda norte-americana encerrou o dia vendida a R$ 3,76 e comprada a R$ 3,75 - 2,64% mais cara do que ontem. Para os próximos dias, a perspectiva é de novos recordes. O risco-país brasileiro também operou em alta de 2,54% e atingiu 2.220 pontos. “O mercado não está de olho no que vai acontecer nesta sexta-feira, mas na segunda e na terça-feira, com o vencimento da dívida cambial (de US$ 1,25 bilhão) e dos contratos de (dólar) futuro na BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros)”, afirmou Miriam Tavares, diretora da corretora AGK. Embora mantenha sua posição, anunciada na semana passada, de rolar até 70% da dívida, o Banco Central não anunciou ainda nenhuma operação para fazê-lo. O mercado costuma pressionar a cotação do dólar antes do vencimento de dívidas cambiais para substituírem os papéis vencidos por proteção (“hedge”) em moeda e para aumentar seu ganho em reais na hora de receber o pagamento da dívida. Na comparação com o dólar, o real vale hoje menos do que o peso argentino, já que para comprar a moeda norte-americana são necessários R$ 3,76, contra 3,71 pesos (pela cotação oficial do peso, o valor é ainda menor, 3,65 pesos). O Banco Central confirmou que interveio vendendo dólar à vista para ampliar a oferta, mas não conseguiu reduzir muito a cotação. A máxima do dia foi de R$ 3,80, e na maior parte do tempo a moeda foi vendida a R$ 3,77 ou R$ 3,78. Segundo operadores, a intervenção ocorreu duas vezes, uma de manhã e outra à tarde. Além disso, a autoridade monetária vendeu US$ 26 milhões em linhas de financiamento à exportação, mas a operação teve pouca demanda. Bolsa A Bovespa fechou em queda de 0,31% aos 9.199 pontos. Foi um pregão apático. A Bolsa operou a maior parte do dia em alta, mas virou no início da tarde.

Mais matérias
desta edição