app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Economia

Apenas 23% apresentaram declara��o de isentos em AL

Apenas 232.278 alagoanos tinham apresentado a Declaração de Isentos, até ontem, cujo prazo de entrega se encerra no dia 29 de novembro. Pela estimativa oficial, pouco mais de 23% dos contribuintes já entregaram declaração, faltando ainda apresentá-la 77%.

Por | Edição do dia 02/10/2002 - Matéria atualizada em 02/10/2002 às 00h00

Apenas 232.278 alagoanos tinham apresentado a Declaração de Isentos, até ontem, cujo prazo de entrega se encerra no dia 29 de novembro. Pela estimativa oficial, pouco mais de 23% dos contribuintes já entregaram declaração, faltando ainda apresentá-la 77%. A declaração de isentos é obrigatória para todas as pessoas que possuem CPF (Cadastro de Pessoa Física). Quem não apresentar a declaração por um ano, fica em situação irregular. Se deixar de declarar por dois anos seguidos, o CPF é cancelado. De acordo com a supervisora do Programa do Imposto de Renda da Delegacia da Receita Federal em Alagoas, Adélia Lima, esse número é considerado pequeno, diante de uma estimativa de mais de 1 milhão de pessoas que devem apresentar a declaração de isentos ou de Imposto de Renda. A maior parte das declarações foram entregues nas loterias (no total de 138.027) e 76.685 foram apresentadas via Internet; 13.744 (número parcial) pelos Correios; 694 pelo telefone e 2.647 via on-line (pessoas que fizeram a declaração pelos terminais da Receita Federal, porque apresentaram algum problema com o CPF). Pelo cadastro da Receita Federal, 927.778 pessoas estão com o CPF em situação regular (apresentaram a declaração de isento nos últimos dois anos ou a Declaração de Rendimentos Pessoa Física) e 283.843 encontram-se pendentes de regularização. “No caso dos pendentes, eles apresentaram declaração de isentos em 2000, mas não o fizeram em 2001. Se deixarem de apresentar este ano, poderão ter o CPF cancelado em 2003”, advertiu Adélia. Ao todo, já foram cancelados 642.891 CPFs em Alagoas. Último dia Adélia recomenda que as pessoas não devem deixar para fazer a declaração de isentos no último dia do prazo, pois podem enfrentar problemas como congestionamentos no sistema via Internet. A declaração de isentos pode ser feita pela Internet (www.receita.fazenda.gov.br), pelo telefone 0300780300 – o  custo da ligação é de R$ 0,27  por minuto no telefone fixo e  de R$ 0,50 por minuto no móvel). Podem ser feita também  nas agências dos Correios ao custo de R$ 2,00 com postagem registrada ou na loteria por R$ 0,60. O Banco do Brasil está recebendo a declaração de seus clientes ao custo de R$ 0,75.

Mais matérias
desta edição