app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5710
Economia

Pre�o da Cesta Gazeta tem redu��o de 0,9% na quinzena

A pesquisa de preços de alimentos do Gape detectou esta quinzena uma queda de 0,91% no preço médio da Cesta Gazeta. Esse recuo foi maior do que o ocorrido na quinzena anterior que atingiu apenas 0,28%. Mesmo com essa redução, a Cesta ainda não atingiu o p

Por | Edição do dia 23/02/2002 - Matéria atualizada em 23/02/2002 às 00h00

A pesquisa de preços de alimentos do Gape detectou esta quinzena uma queda de 0,91% no preço médio da Cesta Gazeta. Esse recuo foi maior do que o ocorrido na quinzena anterior que atingiu apenas 0,28%. Mesmo com essa redução, a Cesta ainda não atingiu o preço médio de um mês atrás quando a teve aumento de 3,87%. Alguns produtos continuam caros e com preços desequilibrados, enquanto outros que estavam com preço aparentemente promocional voltaram aos valores antigos. É o caso do mamão Formosa que era vendido na quinzena anterior, no Hiper Bompreço por R$ 0,19 e agora custa R$ 0,69, um aumento de 263,16%. Muitos dos produtos pesquisados pelo Gape continuaram nesta quinzena vendidos pelos preços anteriores. Nesta quinzena, seis produtos ultrapassaram a faixa dos 10% de reajuste médio de preços. É o caso do mamão formosa, banana, cenoura, laranja, filé de camarão e cebola. Enquanto isso, nenhum produto teve o preço reduzido em percentual acima de 10%. Ainda assim, em função dos preços serem diferentes para cada produto, houve uma pequena redução no valor médio da Cesta Gazeta. Não foram quase verificadas promoções nesta quinzena. Apenas no Hiper Bompreço dois produtos estavam em promoção: cebola e queijo prato. A Cesta Básica Alimentar (governamental), que tinha caído 2,99% na quinzena anterior, desta vez trouxe uma surpresa desagradável para o consumidor. Por conta do aumento médio que tiveram os preços da banana e do tomate, essa cesta sofreu uma elevação de 4,63%. Pelos valores médios coletados pelo Gape, a Cesta Básica Alimentar (governamental), que antes estava custando R$ 101,08, agora passou para R$ 105,76. Essa é uma notícia muito ruim para o consumidor de menor poder aquisitivo, dado que essa cesta é composta de produtos de primeira necessidade e está voltada para famílias que têm muita dificuldade em manter equilibrado o orçamento familiar. Maiores e menores Os dez produtos de maiores índices de aumento de preços, na quinzena, foram: mamão formosa (49,78%), banana (37,99%), cenoura (20,58%), laranja (17,23%), filé de camarão (16,61%), cebola (14,94%), tomate (8,83%), frango (8,22%), batata (7,72%) e atum (5,00%). Os dez produtos com maiores reduções de preços na quinzena foram: acém com osso (3,96%), feijão (3,73%), sururu (3,60%), farinha de mandioca (3,24%), café Pilar (2,41%), ovos (2,02%), fubá Vitamilho (1,65%), cavalinha (1,63%), chuchu (1,23%) e leite em pó integral (1,09%).

Mais matérias
desta edição