app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5718
Economia

Pre�o do p�ozinho sobe 18% na pr�xima semana

A variação do dólar irá refletir diretamente no bolso da população, que terá que pagar mais pelo pãozinho de cada dia. O Sindicato dos Panificadores anunciou para a próxima semana um aumento médio de 18%, quando o produto deverá custar entre 17 e 25 c

Por | Edição do dia 12/10/2002 - Matéria atualizada em 12/10/2002 às 00h00

A variação do dólar irá refletir diretamente no bolso da população, que terá que pagar mais pelo pãozinho de cada dia. O Sindicato dos Panificadores anunciou para a próxima semana um aumento médio de 18%, quando o produto deverá custar entre 17 e 25 centavos. O reajuste será aplicado por conta do aumento da farinha de trigo, que passou de R$ 70 para R$ 75 o saco de 50 kg. “Na verdade, iremos apenas realinhar o preço do pãozinho diante da subida do dólar”, afirmou o presidente do sindicato, José Olindino Matos Filho, apontando ainda o aumento do fermento, que passou a caixa de 10 quilos de R$ 90 para R$ 115. “Infelizmente, temos que repassar para o preço todos os custos com produtos importados”, disse. A importação da farinha de trigo dos Estados Unidos e Canadá encareceu ainda mais o preço do produto utilizado na fabricação do pão, já que os moinhos têm que pagar mais uma taxa de cerca de 30%, além dos impostos aduaneiros. “Com tudo isso, a alta da moeda americana provocou o aumento de todos os produtos importados, inclusive do saco plástico, que usa matéria-prima também importada”, disse. José Olindino afirmou que, a partir da próxima semana, as cerca de 800 panificações da capital deverão reajustar o preço do pãozinho, que hoje custa em torno de 15 a 20 centavos. “Não temos mais como segurar o preço atual diante da subida do dólar”, ressalta. Ele admite, porém, que o aumento do pãozinho deverá reduzir ainda as vendas no setor. “Nos últimos meses, as vendas caíram em cerca de 30%, por causa do baixo poder aquisitivo da população”. Dia do Pão No Dia Mundial do Pão, que é comemorado na próxima quarta-feira, o Sindicato dos Panificadores irá oferecer um café da manhã à população a partir das 7 horas na Praia da Ponta Verde. À tarde, a entidade distribuirá lanches para crianças do Lar São Domingos. “Queremos informar à população que o pão é um alimento saudável e que não engorda”, diz José Olindino, lembrando que o que ajuda a engordar são os diversos tipos de lanches que se utilizam do pão.

Mais matérias
desta edição