app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

Estados mant�m impasse na guerra fiscal

Recife, PE – O impasse em torno da redução e unificação da alíquota do ICMS interestadual persistiu ontem na reunião do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) e o tema agora deve ser resolvido no Congresso Nacional. Reunidos em Recife, represen

Por | Edição do dia 06/04/2013 - Matéria atualizada em 06/04/2013 às 00h00

Recife, PE – O impasse em torno da redução e unificação da alíquota do ICMS interestadual persistiu ontem na reunião do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) e o tema agora deve ser resolvido no Congresso Nacional. Reunidos em Recife, representantes dos Estados e do Ministério da Fazenda chegaram a negociar, mas não houve consenso. Na tentativa de acabar com a guerra fiscal, o governo federal protocolou no Congresso Nacional um projeto de resolução que prevê a unificação total da alíquota interestadual em 4% a partir de 2025. No entanto, governadores do Norte, Nordeste e Centro-Oeste têm insistido para manter o imposto em 7% para os Estados menos desenvolvidos e 4% para os mais desenvolvidos. O eixo dos menos desenvolvidos chegou a propor a adoção da alíquota de 7% apenas para os produtos industrializados, aceitando os 4% para os demais. Não houve acordo.

Mais matérias
desta edição