app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

Taxa de juros ao consumidor cai 0,12% no m�s de abril

Brasília, DF – Apesar de o Banco Central ter voltado a elevar a taxa básica de juros (Selic) em abril, o crédito ao consumidor ficou praticamente estável no mês passado, principalmente por causa dos juros menores cobrados no cheque especial e no crédito p

Por | Edição do dia 25/05/2013 - Matéria atualizada em 25/05/2013 às 00h00

Brasília, DF – Apesar de o Banco Central ter voltado a elevar a taxa básica de juros (Selic) em abril, o crédito ao consumidor ficou praticamente estável no mês passado, principalmente por causa dos juros menores cobrados no cheque especial e no crédito pessoal. Após uma diminuição mais acentuada em março, a taxa média caiu apenas 0,12 ponto percentual, de 24,42% (ao ano) em março para 24,3% em abril. O valor representa seu menor patamar desde novembro de 2012, quando era de 25,08% ao ano. Há um ano, a taxa média anual era de 29,3%. Quando considerados apenas os juros do crédito livre, que excluem operações direcionadas, como a maioria do crédito imobiliário, a redução foi da mesma magnitude, para 34,4% ao ano. Com a provável continuidade da alta da Selic nos próximos meses, porém, a tendência é que o crédito ao consumidor volte a ficar mais caro, disse ontem o chefe do departamento econômico do BC, Tulio Maciel.

Mais matérias
desta edição