app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

Demiss�o e censura geram boatos de venda da Livraria Cultura

São Paulo, SP – Nas últimas semanas, a imagem da Livraria Cultura tem sido arranhada nas redes sociais. A empresa é acusada de censura por ex-funcionários demitidos depois de se manifestarem, por meio do correio eletrônico interno, contra a atual gestão.

Por | Edição do dia 02/06/2013 - Matéria atualizada em 02/06/2013 às 00h00

São Paulo, SP – Nas últimas semanas, a imagem da Livraria Cultura tem sido arranhada nas redes sociais. A empresa é acusada de censura por ex-funcionários demitidos depois de se manifestarem, por meio do correio eletrônico interno, contra a atual gestão. Reclamam de demissões em massa, baixos salários, jornadas exaustivas e cobranças por resultados. As reclamações estão reunidas na página Jeito Censura de Ser no Facebook, que contava com 4.425 “likes” até o fechamento desta edição. “Fico triste. Não sei explicar isso. Mas é essa força que existe nas redes sociais”, diz o presidente da Cultura, Sergio Herz, neto da fundadora, Eva Herz. “Não sei por que as pessoas têm esse viés tão negativo contra o desenvolvimento”, acrescenta.

Mais matérias
desta edição