app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5756
Economia

Energia sobe para a ind�stria

As tarifas de energia elétrica vão subir para as indústrias das regiões Norte e Nordeste. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) a aumentar suas tarifas em 19,84% para consumidores indust

Por | Edição do dia 30/11/2002 - Matéria atualizada em 30/11/2002 às 00h00

As tarifas de energia elétrica vão subir para as indústrias das regiões Norte e Nordeste. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) a aumentar suas tarifas em 19,84% para consumidores industriais. A Eletronorte foi autorizada a aumentar em 21,59% a tarifa para esses consumidores. Os aumentos entram em vigor amanhã. De acordo com nota da Aneel, o aumento vale para 14 consumidores industriais da região Nordeste, abastecidos pela Chesf, e para cinco consumidores do Pará e do Maranhão, abastecidos pela Eletronorte, que usam muita energia elétrica no processo de produção. A tarifa de energia sobe amanhã também para 541 mil consumidores de Rondônia, Acre e Amapá. Para os clientes da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), o aumento será de 16,15%. Quem recebe energia da Ceron (Centrais Elétricas de Rondônia) terá reajuste de 17,85%. Para os clientes da Eletroacre (Companhia de Eletricidade do Acre), o aumento é de 14,30%. Os reajustes fazem parte dos contratos de concessão das empresas e são calculados com base na variação do IGP-M nos últimos 12 meses e no aumento de custos “não-gerenciáveis”, como subsídios ao uso de termelétricas com óleo combustível.

Mais matérias
desta edição