app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5749
Economia

Exporta��es de Alagoas caem 14% este ano

A Região Nordeste exporta apenas 7,4% do total vendido pelo Brasil. O Estado de Alagoas participa somente com 0,4%. Os dados fazem parte das estatísticas do comércio exterior divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior na

Por | Edição do dia 05/12/2002 - Matéria atualizada em 05/12/2002 às 00h00

A Região Nordeste exporta apenas 7,4% do total vendido pelo Brasil. O Estado de Alagoas participa somente com 0,4%. Os dados fazem parte das estatísticas do comércio exterior divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior na Internet no site www. mdic.gov.br. As estatísticas são referentes ao período compreendido entre janeiro e setembro deste ano. e revelam ao mesmo tempo um leve crescimento das exportações no Nordeste, da ordem de 3,6% e uma queda de 14,65% das exportações alagoanas. A retração de Alagoas se explica, em parte, pela desempenho ruim da safra de cana-de-açúcar 2001/02, cujas exportações se enceram em setembro. A expectativa é de reação nas exportações a partir de outubro deste ano: o setor sucroalcooleiro projeta, até setembro de 2003, quando se encerra o ano safra, a quebra do recorde exportação de açúcar, principal produto da balança comercial alagoana. Em 2001, o Brasil US$ 58,2 bilhões, o Nordeste U$ 4,1 bilhões (7,1%) e Alagoas US$ 304 milhões (0,5%). No acumulado de janeiro até setembro de 2002, as exportações foram, respectivamente, de US$ 43,5 bilhões, US$ 3,2 bilhões e US$ 178 milhões. Encomex Mas, a expectativa do governo e do empresariado é conseguir ampliar a participação do Nordeste no mercado externo. Esse é apontado como um dos motivos para que os dois últimos encontros de Comércio Exterior (Encomex), promovidos pelo Ministério do Desenvolvimento, ocorram em cidades nordestinas. Os eventos ocorrerão em Salvador, no dia 12, e em Juazeiro do Norte (Ceará), no dia 18. Hoje, no Nordeste, a Bahia é o principal exportador, responsável por 3,8% das exportações brasileiras, seguido pelo Maranhão, com 1,1% e do Ceará com 0,88%. Os Encomex têm o objetivo de estimular as exportações das pequenas e médias empresas.

Mais matérias
desta edição