app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 0
Economia

“Cobramos mais efic�cia no servi�o”

“Temos tirado fotos de dentro dos bancos e encaminhado às diretorias, cobrando mais eficácia no serviço prestado à população. O desrespeito acontece tanto nos bancos privados como nos públicos. Ainda tem a figura de um funcionário que fica no acesso ao in

Por | Edição do dia 17/08/2014 - Matéria atualizada em 17/08/2014 às 00h00

“Temos tirado fotos de dentro dos bancos e encaminhado às diretorias, cobrando mais eficácia no serviço prestado à população. O desrespeito acontece tanto nos bancos privados como nos públicos. Ainda tem a figura de um funcionário que fica no acesso ao interior da agência orientando a população a procurar outras alternativas para o pagamento de suas contas. Isso está errado e o banco é obrigado a receber o pagamento dos títulos dos usuários”, relata Cícero Matheus. O secretário diz que há uma rotatividade muito grande de funcionários nos bancos e o índice de demissões também é alto. “Estamos cobrando o aumento de bancários para evitar que o consumidor fique horas dentro de uma agência esperando o atendimento. O que acontece, hoje em dia, é que o funcionário é somente substituído e não há aumento do quadro. Quanto à falta de fiscalização por parte da SMCCU, ele ressalta que a alegação seria a falta de fiscais para realizar os trabalhos com frequência. Segundo comenta, a fragilidade não está na legislação, que é semelhante em várias cidades do País, mas no compromisso em inspecionar e fazer valer o cumprimento da lei.

Mais matérias
desta edição