app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Economia

Cana deve ter moagem recorde

Brasília, DF – O volume processado de cana-de-açúcar nas usinas do Centro-Sul do País deve crescer 18,66 milhões de toneladas na safra 2015/2016 em relação à moagem do período anterior, quando foram processados 571,34 milhões de toneladas. A estimativa,

Por | Edição do dia 22/05/2015 - Matéria atualizada em 22/05/2015 às 00h00

Brasília, DF – O volume processado de cana-de-açúcar nas usinas do Centro-Sul do País deve crescer 18,66 milhões de toneladas na safra 2015/2016 em relação à moagem do período anterior, quando foram processados 571,34 milhões de toneladas. A estimativa, divulgada ontem, é da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). A projeção, portanto, é de que a moagem desta colheita chegue a 590 milhões de toneladas. Segundo a entidade, esse aumento se deve à expectativa de maior produtividade agrícola a ser colhida nesta safra, devido às condições climáticas mais favoráveis, conforme observado até o momento. O número final do processamento, no entanto, vai depender do índice de chuva nos próximos meses. Na avaliação da Unica, o melhor quadro climático deve se sobrepor à retração na renovação dos canaviais no último ano e ao consequente envelhecimento da lavoura. A entidade avalia, ainda, que a redução na taxa de renovação reflete a situação financeira das unidades produtoras. Do total processado, 58,1% deve ser destinado à produção de etanol, um crescimento de 1,12 ponto percentual em relação à safra 2014/2015. Com isso, a produção de açúcar chegará a 31,8 milhões de toneladas, quantidade similar à apurada no período anterior (31,9 milhões de toneladas). As exportações do produto, portanto, devem permanecer em patamar próximo ao verificado no último ano (22,18 milhões de toneladas).

Mais matérias
desta edição