app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Fecom�rcio diz que 54% devem dar presente na data

As incertezas da economia brasileira começam a mexer com o bolso dos românticos alagoanos. Levantamento do Instituto Fecomércio de Estudos Pesquisas e Desenvolvimento (IFEPD) divulgado ontem aponta que 54% dos entrevistados pretendem presentear no Dia dos

Por | Edição do dia 06/06/2015 - Matéria atualizada em 06/06/2015 às 00h00

As incertezas da economia brasileira começam a mexer com o bolso dos românticos alagoanos. Levantamento do Instituto Fecomércio de Estudos Pesquisas e Desenvolvimento (IFEPD) divulgado ontem aponta que 54% dos entrevistados pretendem presentear no Dia dos Namorados – uma queda de 3 pontos percentuais em relação à pesquisa do mesmo período do ano passado, quando 57% dos entrevistados tinham intenção de dar presente. A retração segue uma tendência nacional. Como a Gazeta mostrou na edição de terça-feira, 2, o Dia dos Namorados de 2015 deve registrar queda de 0,1% nas vendas na comparação com igual data de 2014, já descontado o efeito da inflação, estima a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). No ano passado, as vendas no Dia dos Namorados cresceram 4,4% em relação a 2013. “A elevação no custo do crédito ao consumidor, cuja taxa média de juros atual (56,1% ao ano) está no mais elevado patamar em mais de quatro anos, associada à dificuldade crescente da renda para acompanhar o ainda elevado nível geral de preços, tem inviabilizado qualquer recuperação das vendas ao longo de 2015”, diz a Confederação.

Mais matérias
desta edição