app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5729
Economia

D�lar fecha em alta de 0,70%

São Paulo, SP – Em dia de volume de negócios reduzido por causa do feriado de Corpus Christi na véspera, o dólar fechou ontem em alta. A moeda americana refletiu a expectativa de elevação dos juros nos Estados Unidos ainda neste ano, após dados melhores q

Por | Edição do dia 06/06/2015 - Matéria atualizada em 06/06/2015 às 00h00

São Paulo, SP – Em dia de volume de negócios reduzido por causa do feriado de Corpus Christi na véspera, o dólar fechou ontem em alta. A moeda americana refletiu a expectativa de elevação dos juros nos Estados Unidos ainda neste ano, após dados melhores que o esperado do mercado de trabalho daquele país sinalizarem fortalecimento da economia. O dólar à vista, referência no mercado financeiro, teve valorização de 0,75% sobre o real, cotado em R$ 3,158 na venda. Na semana, porém, houve queda de 0,70%. Já o dólar comercial, usado no comércio exterior, subiu 0,54% no dia e caiu 1,13% na semana, para R$ 3,151. A cotação chegou a bater a máxima de R$ 3,188 nesta sexta-feira, mas perdeu força antes do fechamento do pregão. No mês passado, foram gerados 262 mil novos postos de trabalho nos EUA, acima da expectativa, de 225 mil. Embora a taxa de desemprego tenha subido a 5,5% ante a mínima de sete anos de 5,4% registrada em abril, isso ocorreu devido à entrada de mais pessoas, provavelmente universitários recém-formados, na força de trabalho. A avaliação de analistas é que, diante de indicadores econômicos positivos, o Federal Reserve (banco central americano) deverá subir os juros nos EUA ainda em 2015, embora seja consenso que isso não deverá ocorrer na reunião deste mês da autoridade monetária. O Fed vem mantendo a taxa de juros americana perto de zero desde dezembro de 2008, numa medida para amenizar os impactos da crise. A expectativa é de que a taxa volte a subir em setembro ou dezembro deste ano.

Mais matérias
desta edição