app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Azul e Avianca disputam portuguesa TAP

São Paulo, SP – O governo de Portugal informou que seguirá em negociações para a venda da companhia aérea estatal TAP apenas com os grupos controladores das empresas brasileiras Azul e Avianca. A terceira proposta, recebida na semana passada, do empresári

Por | Edição do dia 07/06/2015 - Matéria atualizada em 07/06/2015 às 00h00

São Paulo, SP – O governo de Portugal informou que seguirá em negociações para a venda da companhia aérea estatal TAP apenas com os grupos controladores das empresas brasileiras Azul e Avianca. A terceira proposta, recebida na semana passada, do empresário português Miguel Pais do Amaral, foi excluída sexta-feira, 5, pelo governo por não cumprir os requisitos mínimos exigidos no edital. A partir de agora as negociações avançam com o grupo de investidores liderado pelo empresário David Neeleman, da Azul, e Germán Efromovich, da Avianca. As informações foram divulgadas pelo Secretário de Estado das Obras Públicas do governo português, Sérgio Monteiro, em entrevista ao jornal português Expresso. De acordo com o jornal Expresso, as propostas de Neeleman e Efromovich priorizam a capitalização da TAP, com injeção de recursos focados na renovação e expansão da frota, em troca de uma fatia de 61% na empresa. A TAP tem patrimônio líquido negativo de cerca de US$ 500 milhões e precisa de uma injeção de capital. Segundo o jornal português, Neeleman propôs um aumento de capital entre 300 milhões e 350 milhões. Além disso, a compra de 53 aviões de longo curso, ainda não encomendados, e um reforço de ligações da TAP dentro do Brasil.

Mais matérias
desta edição