app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Como obter renda complementar

São Paulo – Um conselho recorrente dos consultores financeiros é: prepare uma renda complementar para quando chegar a hora de pendurar as chuteiras. Com as mudanças recentes nas regras da Previdência Social, ficou ainda mais importante se planejar desde a

Por | Edição do dia 05/07/2015 - Matéria atualizada em 05/07/2015 às 00h00

São Paulo – Um conselho recorrente dos consultores financeiros é: prepare uma renda complementar para quando chegar a hora de pendurar as chuteiras. Com as mudanças recentes nas regras da Previdência Social, ficou ainda mais importante se planejar desde a juventude. E quanto maior o tempo para se formar patrimônio, maior a margem para se correr riscos com o objetivo de engordar as reservas. Não dá para contar com a sorte. O teto do benefício da Previdência Social é, hoje, de R$ 4.663,75, mas 62,5% dos pagamentos urbanos são de valores entre um e dois salários mínimos (R$ 788 a R$ 1576). Somente 4,5% recebem acima de cinco salários, ou seja, perto do teto. São diversos os produtos financeiros que podem ser acionados com foco na renda complementar à aposentadoria. A tradicional previdência privada, apesar de conveniente, tem custo considerável: as taxas de administração podem atingir 3% e algumas seguradoras ainda cobram taxa de carregamento a cada novo depósito. E no caso dos planos mais conservadores, os retornos podem deixar a desejar.

Mais matérias
desta edição