app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Economia

Empr�stimo por celular � um risco

São Paulo, SP – Com mais acesso à tecnologia, os consumidores estão ampliando os empréstimos tomados via aplicativos de celular ou tablet, segundo levantamento da Folha de S.Paulo com os cinco maiores bancos do País. Muito se deve à facilidade desse tipo

Por | Edição do dia 05/07/2015 - Matéria atualizada em 05/07/2015 às 00h00

São Paulo, SP – Com mais acesso à tecnologia, os consumidores estão ampliando os empréstimos tomados via aplicativos de celular ou tablet, segundo levantamento da Folha de S.Paulo com os cinco maiores bancos do País. Muito se deve à facilidade desse tipo de operação, que pode ser feita em poucos segundos, ao toque dos dedos. Mas consultores financeiros dizem que é preciso tomar cuidado para a praticidade não virar uma armadilha. O volume de crédito contratado por este meio no Banco do Brasil já ultrapassou R$ 450 milhões nos cinco primeiros meses de 2015. A cifra é maior do que o total registrado no ano passado, R$ 360 milhões. No Bradesco, foram R$ 423,3 milhões em empréstimos concedidos via aplicativo entre janeiro e maio, pouco menos que os R$ 498 milhões de todo 2014. Maior banco privado do País, o Itaú teve crescimento de 113% no volume de crédito contratado via mobile [móvel, em aplicativo] entre os cinco primeiros meses de 2015 e igual período do ano anterior. O Santander Brasil informou que a alta foi de 290% na comparação entre abril de 2015 e o mesmo mês de 2014 – os dados mais recentes disponíveis. O Itaú e o Santander não divulgaram cifras por considerarem os dados como ‘informações estratégicas’. Procurada, a Caixa Econômica Federal não enviou as informações.

Mais matérias
desta edição