app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5730
Economia

Diferen�a entre gasolina e etanol volta a n�veis de 2011

São Paulo, SP – A diferença entre o consumo de etanol hidratado e de seu concorrente direto, a gasolina C, no Brasil, caiu para o menor nível desde 2011. De janeiro a maio deste ano, a demanda acumulada pelo biocombustível foi de 6,89 bilhões de litros, 1

Por | Edição do dia 12/07/2015 - Matéria atualizada em 12/07/2015 às 00h00

São Paulo, SP – A diferença entre o consumo de etanol hidratado e de seu concorrente direto, a gasolina C, no Brasil, caiu para o menor nível desde 2011. De janeiro a maio deste ano, a demanda acumulada pelo biocombustível foi de 6,89 bilhões de litros, 10,18 bilhões de litros a menos na comparação com a do derivado de petróleo. Em 2014, a diferença a favor da gasolina C foi de 12,99 bilhões de litros nesses meses. Já em igual período de 2011, o uso do combustível fóssil superou o do álcool em 9,63 bilhões de litros. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e foram apresentados na semana passada durante a Mesa Tripartite. O encontro, organizado pelo Ministério de Minas e Energia, ocorreu em Brasília e reuniu integrantes do governo, das distribuidoras e da cadeia produtiva de açúcar e álcool. Para o diretor da comercializadora Bioagência, Tarcilo Rodrigues, o ganho de mercado do etanol é resultado direto da reintrodução da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) na gasolina, que ficou mais cara. Até agora, em 2015, o preço da gasolina subiu 9,3% na média Brasil, ao passo que o do etanol se valorizou apenas 2,9%, segundo a ANP.

Mais matérias
desta edição