app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Atividade econ�mica no Brasil deve recuar 1,5%, avalia Cepal

Brasília, DF – A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgou ontem, seu relatório anual com perspectivas econômicas para a região, no qual estima contração de 0,4% na América do Sul, puxada principalmente pelo Brasil, cuja retraçã

Por | Edição do dia 30/07/2015 - Matéria atualizada em 30/07/2015 às 00h00

Brasília, DF – A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgou ontem, seu relatório anual com perspectivas econômicas para a região, no qual estima contração de 0,4% na América do Sul, puxada principalmente pelo Brasil, cuja retração foi calculada em 1,5% neste ano. Os números foram apresentados pela secretária executiva da Cepal, Alicia Bárcena, em Santiago, no Chile, em entrevista transmitida por videoconferência. De acordo com o estudo, a América Latina e o Caribe devem crescer apenas 0,5% neste ano. Ainda que a desaceleração seja um fenômeno em toda a região, o crescimento é bastante diferente entre as sub-regiões, diz a Cepal. A América do Sul, por exemplo, apresenta contração de 0,4%, enquanto a América Central e o México devem crescer 2,8% e os países do Caribe terão evolução estimada em 1,7%. Conforme o relatório, a desaceleração deve-se tanto a fatores externos como internos, e o grande desafio é dinamizar o investimento e melhorar a produtividade. O diretor do escritório da Cepal no Brasil, Carlos Mussi, disse que a economia brasileira está passando por uma encruzilhada em relação ao tipo de ajustes que precisam ser feitos e aos rumos a serem seguidos para a retomada do crescimento.

Mais matérias
desta edição