app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Economia

Infla��o acumulada atinge 9,56%

Rio de Janeiro, RJ – Com o impacto menor do reajuste dos jogos de azar e um efeito favorável dos preços do setor de vestuário, a inflação oficial desacelerou para 0,62% na passagem de junho para julho, informou o IBGE ontem. Em junho, o IPCA havia sido de

Por | Edição do dia 08/08/2015 - Matéria atualizada em 08/08/2015 às 00h00

Rio de Janeiro, RJ – Com o impacto menor do reajuste dos jogos de azar e um efeito favorável dos preços do setor de vestuário, a inflação oficial desacelerou para 0,62% na passagem de junho para julho, informou o IBGE ontem. Em junho, o IPCA havia sido de 0,79%. Apesar da desaceleração da taxa do mês, a inflação acumulada em 12 meses manteve sua trajetória de alta, para 9,56%. É o maior pico desde novembro de 2003 (11,02%). Os valores estão em linha com a expectativa de economistas consultados pela agência internacional Bloomberg, que esperavam um IPCA de 0,6% na passagem de junho para julho e de 9,53% em 12 meses. A taxa de 12 meses aumentou porque a inflação de julho é alta para os padrões do mês. Em julho do ano passado, o índice de preços havia sido de apenas 0,01%. Flávio Serrano, do Banco Espírito Santo, diz que a inflação de julho foi de 0,02% na média dos últimos seis anos. “É um mês do ano em que geralmente temos mais deflação, por causa da desaceleração de alimentos e poucos reajustes de tarifas”, disse Serrano.

Mais matérias
desta edição