app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5735
Economia

Escolas oferecem seguros, mas ades�o ainda � baixa

Cerca de 20 escolas em Alagoas têm seguro educacional, modalidade ainda pouco conhecida no Estado. Trata-se de um benefício oferecido pela escola com vistas a garantir assistência em casos de acidentes com o aluno ou na morte ou desemprego de seu responsá

Por | Edição do dia 30/08/2015 - Matéria atualizada em 30/08/2015 às 00h00

Cerca de 20 escolas em Alagoas têm seguro educacional, modalidade ainda pouco conhecida no Estado. Trata-se de um benefício oferecido pela escola com vistas a garantir assistência em casos de acidentes com o aluno ou na morte ou desemprego de seu responsável financeiro. “O custo do seguro está inserido no valor da mensalidade”, revela Marcos Campelo, corretor de seguro especializado nessa modalidade. Segundo ele, o valor depende da quantidade de alunos da escola, mas varia de 1,5% a 2% da mensalidade. Entretanto, esse tipo de seguro ainda é pouco difundido. O especialista admite que a adesão das escolas ainda é baixa por falta de conhecimento dos proprietários. “Muitos acham que vão aumentar muito o valor da mensalidade com o benefício”, explica Campelo. Mas o especialista ressalta que a relação custo-benefício pode mudar essa compreensão. Um deles é considerar que o seguro educacional pode manter baixo, ou nulo, o índice de inadimplência. Afinal, é bastante elevado o risco de atraso das mensalidades em tempos de crise econômica, onde o fantasma do desemprego bate à porta com muita frequência. Os pais certamente se esforçam para não atrasar o pagamento das mensalidades. Porém, há situações em que isso se torna impossível. É aqui, ressalta Marcos Campelo, que o seguro educacional entra. “É uma das saídas para o momento de crise, que muitos pais têm como benefício e não se dão conta”, argumenta o corretor. É fato que, apesar de receberem um manual em que consta essa informação, poucos pais têm conhecimento de que a escola onde matricularam os filhos disponibilizam esse prêmio. Prêmio é o valor que o segurado, no caso a escola, tem que pagar para a seguradora, devidamente especificado no contrato. Em caso de morte e também em situações de perda do emprego ou renda do responsável financeiro, a escola recebe até três meses de mensalidade em atraso. Ou seja, ao contratar uma seguradora, a escola estará gerenciando de forma eficiente o risco de inadimplência ou de arcar com despesas caso o aluno sofra algum acidente em suas instalações. Há empresas que oferecem pacotes em que o aluno pode dispor de serviços que inclui atendimento emergencial por meio de uma Central de Atendimento 24 horas, nos casos de acidente, doença ou intervenção cirúrgica, aulas particulares, locação de aparelhos ortopédicos e hospitalares e transporte para tratamento fisioterápico, entre outros benefícios.

Mais matérias
desta edição