app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Economia

Comit� descarta risco de apag�o

Brasília, DF – O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), formado por agências reguladoras e órgãos de governo confirmou ontem, por meio de nota, que o risco de déficit de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) para 2015 é zero. A conclusã

Por | Edição do dia 03/09/2015 - Matéria atualizada em 03/09/2015 às 00h00

Brasília, DF – O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), formado por agências reguladoras e órgãos de governo confirmou ontem, por meio de nota, que o risco de déficit de energia no Sistema Interligado Nacional (SIN) para 2015 é zero. A conclusão foi apresentada após reunião do colegiado, presidida pelo ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga. Segundo o comitê, em 2015 entraram em operação 3.885 MW do total de 6.410 MW de capacidade de geração previstos, “dos quais 259 MW desde a última reunião do comitê”. Também foi definido que o Operador Nacional do Sistema (ONS) “deverá continuar efetuando o acompanhamento das condições hidroenergéticas do SIN”, de modo que, em função de sua evolução, proponha ao comitê “a definição da geração térmica necessária para a garantia do atendimento energético do SIN.” Durante a reunião, o CMSE anunciou que, embora as principais bacias hidrográficas onde estão os reservatórios das regiões Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste tenham “enfrentado situação climática desfavorável”, as condições de suprimento de energia do SIN melhoraram em relação ao mês anterior. De acordo com a nota, além das análises apresentadas, outras avaliações de desempenho do sistema, “utilizando-se o valor esperado das afluências e anos semelhantes de afluências obtidas do histórico, não indicam, no momento, insuficiência de suprimento energético neste ano”.

Mais matérias
desta edição