app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5731
Economia

Arrecada��o de ICMS � recorde

Depois de marcar um “tropeço” em janeiro deste ano, quando registrou variação nominal de apenas 0,5%, na comparação com o mês anterior, a receita de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Produtos) de Alagoas ganhou fôlego em fevereiro. No mês, a

Por | Edição do dia 03/03/2016 - Matéria atualizada em 03/03/2016 às 00h00

Depois de marcar um “tropeço” em janeiro deste ano, quando registrou variação nominal de apenas 0,5%, na comparação com o mês anterior, a receita de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Produtos) de Alagoas ganhou fôlego em fevereiro. No mês, a arrecadação do imposto chegou a R$ 338,1 milhões em crescimento de 20,45% na comparação com igual mês do ano anterior (R$ 280,7 milhões). Trata-se do maior valor da história, em valores nominais. A forte alta no mês não é, no entanto, obra do acaso ou uma reação da economia. Como se sabe, a partir de janeiro o alagoano passou a pagar alíquotas maiores do imposto – incluindo o Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), que a partir de agora é cobrado de todos os produtos (exceto nos itens que compõem a cesta básica). Também pesou a favor o pagamento de valores atrasados de um grande contribuinte – algo como vinte e poucos milhões.

Mais matérias
desta edição