app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5715
Economia A cidade funciona como dormitório de trabalhadores, empregados nas cidades vizinhas

Gastos públicos e receita comprometem investimentos

A equipe Haas está à procura de um responsável para arcar com o prejuízo de US$ 750 mil (aproximadamente R$ 2,3 milhões) causado pelo acidente com Romain Grosjean no segundo treino livre para o GP da Malásia. A questão sobre quem pagaria os danos chegou a

Por arnaldo ferreira | Edição do dia 09/11/2019 - Matéria atualizada em 09/11/2019 às 06h00

A equipe Haas está à procura de um responsável para arcar com o prejuízo de US$ 750 mil (aproximadamente R$ 2,3 milhões) causado pelo acidente com Romain Grosjean no segundo treino livre para o GP da Malásia. A questão sobre quem pagaria os danos chegou a ser levantada por Lewis Hamilton no briefing dos pilotos, em Sepang - divulgado pela F1. Charlie Whiting, diretor de corridas da FIA, afirmou que o circuito seria o responsável por arcar com o prejuízo causado pelo acidente. Questionado se havia falado com a Federação sobre o problema, o chefe do time, Guenther Steiner, confirmou.

- Sim, claro. Você precisa falar. Foi algo que fugiiu do nosso controle. Eu não posso simplesmente dizer: “Tranquilo, vamos desperdiçar três quartos de milhão porque alguém esqueceu de checar as soldas, tudo de boa”. Nós pagamos uma taxa para correr aqui. Já discutimos isso e foram bem profissionais sobre. Eles têm seguro, então vamos ver o que dará para ser feito.

O francês participava da segunda sessão de treinos livres normalmente quando a tampa de um bueiro - na zebra da curva 12 - se soltou, furou um dos pneus da Haas e fez com o piloto se chocasse com força contra a barreira de pneus, causando bastante destruição em seu carro. Apesar da gravidade do impacto, Grosjean nada sofreu. A internet, com tudo, não perdeu a oportunidade de fazer piada com o incidente bizarro, brincado com o filme "IT", em que um palhaço macabro atrái crianças para os sitema de esgoto (veja abaixo).

Mais matérias
desta edição