app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5717
Economia

Mulher � exemplo no mundo dos neg�cios

Edivaldo Junior Na sexta-feira, 8 de março, o mundo inteiro homenageou a mulher. A data, que surgiu para marcar a exploração a que mulher era submetida, tendo como exemplo a quase escravidão de operárias norte-americanas, evolui do simples cárater da d

Por | Edição do dia 10/03/2002 - Matéria atualizada em 10/03/2002 às 00h00

Edivaldo Junior Na sexta-feira, 8 de março, o mundo inteiro homenageou a mulher. A data, que surgiu para marcar a exploração a que mulher era submetida, tendo como exemplo a quase escravidão de operárias norte-americanas, evolui do simples cárater da denúncia para o status de comemoração. No mundo inteiro, ao mesmo tempo em denúncia à violência, os abusos e a exploração a que são submetidas, as mulheres também comemoram avanços e conquistas. A presença feminina é cada vez maior em todos os setores da sociedade. Em algumas profissões, elas são maioria. A mulher, outrora considerada “sexo frágil”, comemora o seu dia em várias partes do mundo com seminários, palestras, grupos de discussão, passeatas e muita feminilidade. A mulher contemporânea não só se tornou mais independente, mas também passou a assumir muito mais responsabilidades do que a preocupação com a administração da casa e com os filhos. Hoje é comum encontrar mulheres em cargos de chefia, provando que são capazes de desempenhar funções até então consideradas masculinas, a exemplo de “chefe de família”. Em muitas casas, a mulher reverteu a tradição e passou a ser a responsável pela maior parte da renda familiar. Empreendedora Foi pensando em debater assuntos como esse e prestando uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher que a Fundação Jayme de Altavila (Fejal) realizou, na sexta-feira, 8, o workshop “Mulher Empreendedora”. Na programação do evento foram abordados temas como “Renovando sua auto-imagem”, apresentado pela psicóloga Mara Lúcia Dourado, que motivou as participantes a fazerem uma auto-análise de sua personalidade, suas atitudes e como melhorar a auto estima. Já a empresária Vânia Márcia Nutels apresentou o tema: “Mulher Empresária – Negócio x Família”, que ressaltou a importância da mulher empresária no mundo globalizado que está cada vez mais atuante no mercado de trabalho. Vânia Nutels é diretora-executiva das óticas Flu Look e do Sindicato do Comércio Varejista de Maceió. Casada e com dois filhos, Vânia encontra tempo para cuidar da família, dirigir a Flu Look, participação da diretoria do Sincomércio e ainda lidera uma campanha em prol da revitalização do Centro. Ela diz que somente a organização e disciplina feminima permite o desempenho de tantas atividades ao mesmo tempo. “A mulher de hoje está pronta para todos os desafios da sociedade moderna”, argumenta. Cerca de 100 mulheres participaram do wokshop promovido pelo Inempre/Fejal, entre elas funcionárias, professoras e alunas da Fejal, além de contar com a presença do Projeto Crescer da Fejal que é a parte de responsabilidade social da instituição. Na ocasião, houve sorteios de vários brindes para as participantes. O workshop aconteceu no Auditório João Sampaio, localizado no prédio central do Cesmac.

Mais matérias
desta edição