app-icon

Baixe o nosso app Gazeta de Alagoas de graça!

Baixar
Nº 5716
Economia

Brasil quer exportar carne in natura e �lcool para os EUA

Brasília – O ministro da Agricultura, Marcus Vinícius  Pratini de Moraes, pediu ontem ao representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Zoellick, que converse com as autoridades agrícolas de seu país para ajudar o Brasil a exportar carne bovina in n

Por | Edição do dia 13/03/2002 - Matéria atualizada em 13/03/2002 às 00h00

Brasília – O ministro da Agricultura, Marcus Vinícius  Pratini de Moraes, pediu ontem ao representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Zoellick, que converse com as autoridades agrícolas de seu país para ajudar o Brasil a exportar carne bovina in natura e álcool etílico ao mercado americano. “Pedimos que Zoellick ajude a acelerar as negociações, retomadas este ano, para vender carne in natura para os EUA. Também dissemos que estamos pronto para vender álcool para eles”, afirmou. Pratini enfatizou a Zoellick, no entanto, que para que o Brasil exporte álcool para os EUA será necessário reduzir a tarifa de importação, de mais de 50%, que impede as vendas brasileiras do produto. Com o aumento da safra de cana-de-açúcar, o Brasil começou, neste ano, a incrementar suas vendas externas de álcool, especialmente para a Europa. Em fevereiro, as exportações do produto foram de US$ 8,7 milhões, contra US$ 501 mil em fevereiro do ano passado. Pratini explicou que o Brasil exporta, atualmente, apenas carne industrializada – cerca de US$ 90 milhões – para o mercado americano. “Com a aftosa sob controle e sem vaca louca, estamos aptos a fornecer carne para os Estados Unidos”, disse Pratini.

Mais matérias
desta edição